“Bragança Perto” – Município de Bragança aposta na promoção do destino

Author: Share:

Empenhado em promover o território e o que de melhor há na região, o Município Bragança aposta na promoção nacional do destino dando a conhecer as tradições, os produtos típicos e a gastronomia, a diversificada oferta cultural e o património ímpar. Esta campanha está integrada no plano da autarquia de posicionar Bragança como destino autêntico e único.

“Bragança está cada vez mais perto! Atualmente, de Bragança a Lisboa são pouco mais de quatro horas de distânci de automóvel, e menos de duas de avião. O Algarve está a três horas de avião e o Porto a menos de duas horas de automóvel” afirma Hernâni Dias, presidente da Câmara Municipal de Bragança.

Assumindo-se como um território para conquistar e tendo em conta as melhores condições de acesso a Bragança, o Município aposta na promoção do destino para potenciar o crescimento turístico e o desenvolvimento da economia local. A campanha “Bragança Perto” divulga o Reino Maravilhoso, dando a conhecer os produtos típicos e gastronomia, as tradições e a vasta oferta cultural, através da promoção de produtos característicos, da presença em feiras e de uma campanha de publicidade, numa primeira fase na rede de outdoors e autocarros na região do Grande Porto.

Em Junho, a campanha “Bragança Perto” dá a conhecer um produto inovador: a Pasta de Castanha.

A castanha, para além do consumo tradicional, possui uma grande versatilidade gastronómica. A partir deste fruto foi desenvolvida, localmente, a pasta da castanha, um produto inovador que pode ser utilizado em qualquer tipo de doçaria.

Os Ouriços de Castanha e o Bolo-rei de Castanha, da autoria do chef Eurico de Castro, são dois produtos diferenciadores e cada vez mais procurados. Mas muitos outros pratos são confecionados tendo por base a castanha, como a Mousse, o Pudim ou sopa. A castanha é, também, utilizada como acompanhamento em diversos pratos de carne.

Sabia que…

  • Bragança produz, anualmente, 30 a 40 mil toneladas de castanha, destacando-se como um dos principais concelhos produtores a nível nacional (50%).
  • Espanha, França, Bélgica, Suíça, Alemanha, Itália e Brasil são os principais destinos da castanha produzida em Bragança.
  • O Castanha da Terra Fria DOP é um produto de origem portuguesa com Denominação de Origem Protegida pela União Europeia (UE), desde 21 de junho de 1996. A Terra Fria Transmontana é o maior produtor de castanha, concentrando mais de 80% da produção nacional. É um produto de altíssima qualidade e que tem vindo a ganhar protagonismo na gastronomia.
  • De um produto de qualidade ímpar e da irreverência do Chef Eurico de Castro, surgiu a Pasta de Castanha. Verdadeiro ex-líbris de Bragança, a castanha é um produto que permite várias utilizações gastronómicas, enriquecendo qualquer prato.

Bragança com crescimento turístico superior

Bragança tem vindo a registar um elevado crescimento turístico nos últimos anos. Os dados mais recentes, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), evidenciam que o ano de 2015 foi extremamente positivo para o turismo, para a economia local e para a promoção territorial de Bragança, com taxas de crescimento acima da média nacional e da região Norte. Entre janeiro e dezembro de 2015, Bragança registou um aumento de 21,29% no número de dormidas face a período homólogo, enquanto que na região Norte o crescimento foi de 15,51%, em Portugal de 8,96% e no Continente de 8,83%.

Esta evolução positiva resulta do esforço que o Município de Bragança tem vindo a desenvolver desde 2013, no sentido de trabalhar, de forma contínua e sustentada, para o incremento turístico deste território para aumentar a procura, alcançar a notoriedade e o reconhecimento de Bragança como um destino autêntico e único.

Hernâni Dias, presidente do Município refere “a presente campanha está integrada na estratégia de divulgação do destino e, a par do objetivo de dar conhecer a riqueza da região, pretende autenticar um novo posicionamento para a cidade, nomeadamente uma cidade dinâmica, cultural e criativa.”

“Em Bragança temos uma gastronomia ímpar, confecionada com produtos de excelência, temos monumentos que documentam a história, equipamentos e uma vasta oferta cultural durante todo o ano. Somos um povo hospitaleiro e não faltam unidades hoteleiras e casas de turismo rural acolhedoras, uma mão cheia de boas razões para vir descobrir o Reino Maravilhoso. Ainda importante destacar que Bragança é a cidade mais próxima do centro da Europa e da Rede Ferroviária de Alta Velocidade e, portanto, esta posição geográfica é, também, um ponto de interesse” conclui Hernâni Dias.

Pub

Informação relacionada