Bogani, A Caféeira, Caffècel e Sanzala reformulam imagem

Author: Share:

Grupo é um dos mais relevantes players do setor de café em Portugal, com 23 M€ de faturação e cerca de 10 por cento do mercado HoReca

A NewCoffee Co., um dos principais operadores do mercado de café em Portugal, acaba de renovar a imagem de quatro das suas marcas. Bogani, A Caféeira, Caffècel e Sanzala aparecem com um design diferenciado e um novo posicionamento, mantendo os mesmos valores. O processo de rebranding surge da necessidade de potenciar a identidade de cada marca num portefólio alargado de especialistas em café, que inclui ainda a Lavazza e a Novo Dia.

A estratégia de modernização não implicou, no entanto, uma rutura com a tradição. Prova disso é o facto de as quatro marcas renovadas terem sido das primeiras, no âmbito nacional, a obter o selo “The Portuguese Coffee – a blend of stories”, marca institucional da Associação Industrial e Comercial do Café (AICC), que foi criada precisamente para promover, difundir e aumentar a notoriedade do “Café Português”, um café de alta qualidade com um conjunto de características únicas e uma cultura própria.

O café como um ato cultural

Para Pedro Oliveira, CEO da NewCoffee, o processo de rebranding de um leque tão alargado de marcas foi um desafio, que só foi possível através do respeito pela identidade de cada marca. “Num mundo em constante evolução, a inovação é necessária, mas não a qualquer custo” – refere o CEO – “beber café é um ato profundamente cultural e os regionalismos não podem ser ignorados”.

Refira-se que a NewCoffee tem vindo a conquistar quota de mercado através de uma estratégia de aquisição de pequenas e médias empresas – Sanzala em 2007, Caffècel e os direitos de exploração da marca Lavazza para o canal HoReca em 2008, a integração da Bogani e Caféeira em 2009 e a aquisição da Novo Dia em 2016, que veio reforçar ainda mais a sua posição no mercado. O grupo tornou-se, nos últimos 10 anos, um dos mais relevantes players do setor de café em Portugal, implementando a gestão e sinergias que lhe permitiram evoluir para uma faturação de 23 milhões de euros e uma fatia de cerca de 10% do mercado HoReca.

Pub

Informação relacionada