Croft Pink: o lado “cool” do vinho do Porto

“All the best things come in Pink”. Esta é a promessa do Croft Pink, que pretende aproximar-se de um público mais jovem proporcionando novos momentos de consumo com um estilo original de vinho do Porto. O primeiro encontro está marcado para o Festival Marés Vivas.

O Croft Pink, o primeiro vinho do Porto Rosé a ser produzido, vai marcar presença no Festival Marés Vivas, que decorre nos próximos dias 14, 15 e 16 de julho, em Vila Nova de Gaia. Através da promoção de ocasiões que levam à redescoberta do prazer do vinho do Porto, em contextos descontraídos e de partilha, a marca tem como principal objetivo afirmar-se como uma bebida versátil e adaptada a vários momentos e formas de consumo.

Realçando o lado “cool” do vinho do Porto, estarão em destaque quatro cocktails, sugestões frescas e leves apropriadas à nova estação e à música. Para além de receitas originais, como o Pink Lemonade ou o Pink Sunset, são propostas o Caipipink, a famosa caipirinha reinventada, ou a versão mais clássica do Pink Tonic.

Surpreendente na cor e no sabor, o Croft Pink manifesta uma frescura e delicadeza únicas enquanto herda a elegância e o carisma próprios do vinho do Porto. Esta junção confere-lhe uma identidade única, na qual dominam inconfundíveis aromas de framboesa.

Pub