Vila do Bispo é o Município do Ano Algarve

Author: Share:

O concelho de Vila do Bispo, com o projeto «Evocação das Operações do U-35 em Sagres» que assinala os 100 anos sobre as operações deste submarino da marinha imperial alemã ao largo de Sagres, foi o vencedor do galardão Município do Ano Algarve, atribuído ontem no Fundão. O projeto é «diferente e tem todo o mérito de um primeiro lugar», considera o presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva.

«A candidatura de Vila do Bispo era historicamente simbólica, ao estar relacionada com um episódio naval da I Guerra Mundial ocorrido na costa portuguesa, neste caso em Sagres. Felicito desde já a autarquia pela conquista deste prémio», afirma Desidério Silva.

Vila do Bispo foi um dos nove municípios vencedores nas categorias regionais do concurso Município do Ano Portugal 2017, uma organização da plataforma UM-Cidades, sediada na Universidade do Minho, que reconhece as boas práticas do poder local.

Também Silves, Alcoutim e Portimão estavam entre os nomeados desta edição do concurso. Para Desidério Silva, «apesar de não terem sido distinguidos em 2017, os municípios de Silves, Alcoutim e Portimão merecem todo o reconhecimento por terem sido selecionados pelo júri nacional para constarem na exclusiva lista dos 35 nomeados aos prémios», adianta.

A autarquia de Silves concorreu com o projeto «Gestão Ambiental e Florestal da Herdade de São Bom Homem – Operação Montanha Verde e iniciativas conexas». Alcoutim com o projeto «Festival do Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana», enquanto Portimão apresentou a concurso o «Start Work II – Mostra de Educação, Formação Profissional, Empreendedorismo e Emprego».

«Estes projetos finalistas são de grande qualidade e revelam a capacidade de reinvenção do poder local algarvio», conclui o presidente da RTA.

Pub

Informação relacionada