Quinta de la Rosa é anfitriã do “II Concurso Tomate Coração de Boi”

Author: Share:

A 18 de Agosto, Sophia Bergqvist, co-proprietária e gestora da Quinta de la Rosa – localizada no Pinhão, em pleno Alto Douro Vinhateiro – abre as portas da sua propriedade duriense à II edição do ‘Concurso Tomate Coração de Boi’, o produto proveniente de quintas de produtores de vinho do Douro que será submetido, pelo segundo ano consecutivo, a uma prova cega e avaliação criteriosas, a cargo de chefes de cozinha, enólogos, jornalistas, entre outros. Segue-se, pelas 18h30, uma conversa sob o mote “Será o Douro o melhor terroir para o tomate coração de boi?”, moderada pela docente investigadora da UTAD Ana Paula Silva. Depois dos trabalhos, o momento é de festa. É chegada a hora do Cozinha da Clara – o recém-inaugurado restaurante da Quinta de la Rosa – ser palco de um jantar volante, aberto a todos os que se queiram inscrever, no final do qual serão revelados os vencedores do Concurso.

Esta segunda edição traz novidades, entre elas a ‘Quinzena do Tomate Coração de Boi’, iniciativa fomentada com o intuito de incrementar a importância que o tomate coração de boi tem no Douro, e de transformar a segunda quinzena de Agosto numa festa dedicada a este produto, levando o desafio à mesa de restaurantes de referência da mais antiga região demarcada do Mundo. O Cozinha da Clara integra a lista destes restaurantes e o chef Pedro Cardoso preparou um menu completo, composto por ‘gaspacho de tomate coração de boi e fio de azeite La Rosa’, ‘salada de tomate com escabeche de sardinha’, ‘lombelo de porco com milhos de tomate em duas texturas’ e a sobremesa ‘Tomate e queijo’. Disponível de 15 a 31 de Agosto, este menu tem o valor de €35,00, ao qual acresce um suplemento de vinhos Quinta de la Rosa a copo, por €10,00, ambos por pessoa.

Valorização do tomate coração de boi na base da criação de um concurso em nome próprio

Com a primeira edição a acontecer em 2016, o mote foi dado um ano antes pelo jornalista Edgardo Pacheco ao produtor Abílio Tavares da Silva, da Foz Torto. Aos dois juntou-se, na organização do ‘Concurso Tomate Coração de Boi’, a ex-jornalista e mentora da empresa de comunicação Greengrape, que desenvolve o projecto de animação turística altodouro.com, Celeste Pereira. Esta é uma iniciativa que pretende valorizar e promover este produto da região vinhateira e, ao mesmo tempo, revitalizar a tradição duriense da horta de quinta. Segundo o trio organizador, “Este é um encontro invulgar no Douro, desde logo por reunir, à volta do tomate, os principais produtores de vinho do Douro. Esperamos com a ajuda de todos contribuir par a valorização de mais um produto de excelência do Douro”.

Estão, assim, reunidas as condições para, pelo segundo ano consecutivo e desta feita na secular Quinta de la Rosa, se reunirem os produtores de tomate coração de boi do Douro que irão apresentar o seu produto perante um júri presidido por Francisco Pavão, presidente da Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes. A lista de jurados ainda não está fechada, mas estão já confirmados os nomes dos chefes Miguel Castro e Silva (Lumni e Less, em Lisboa, e deCastro Gaia, em Vila Nova de Gaia), Vítor Sobral (Tasca da Esquina, Peixaria da Esquina e Balcão da Esquina, em Lisboa), Pedro Cardoso (Quinta de la Rosa) e Leopoldo Garcia Calhau (Café Garrett, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa); dos jornalistas José Augusto Moreira (Público) e Fernando Melo (VINHO Grandes Escolhas e Evasões); do enólogo Luís Soares Duarte; do produtor de flor de sal de Salmarim, em Castro Marim, Jorge Raiado; e da docente e investigadora da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) Ana Paula Silva.

O valor do jantar do dia 18 de Agosto é de 25 euros por pessoa, ao qual acresce uma garrafa de vinho branco, rosé ou espumante, à escolha de cada um. As inscrições são limitadas, razão pela qual é obrigatória a reserva através do e-mail greengrape@greengrape.pt e o pagamento antecipado para o IBAN PT50 0023 000 45476435311 94 (Celeste Pereira).

Pub

Informação relacionada