Bragança promove gastronomia e tradições de Outono

Maior aquário móvel da Europa, provas e demonstrações de pesca, demonstrações gastronómicas, conferências e exposições de pintura e de fotografia são algumas das iniciativas a não perder na feira Norcaça, Norpesca e Norcastanha 2017, de 2 a 5 de Novembro, em Bragança.

Conhecida pela gastronomia de excelência, com a chegada do outono, Bragança promove três produtos emblemáticos desta época na região: a caça, a pesca e a castanha. São várias as iniciativas a decorrer durante o certame, que darão a provar e a conhecer estes produtos típicos.
Os fãs da gastronomia regional podem degustar os sabores regionais já a partir de dia 27 de outubro, nos 15 restaurantes que se associaram ao tema e que promovem a Semana Gastronómica até ao encerramento da Norcaça, Norpesca e Norcastanha 2017, a 5 de novembro.

Hernâni Dias, presidente da Câmara Municipal de Bragança, afirma: «a Norcaça, Norpesca e Norcastanha é uma iniciativa que tem vindo a crescer desde 2002 e a demonstrar a sua importância a nível nacional, mas, também, internacional. Trata-se de uma feira que pretende dar a conhecer os produtos transmontanos e reunir, em Bragança, agentes de diversas áreas para que, em conjunto, possamos debater e analisar como evoluir de forma sustentada respeitando os nossos recursos».

Espaço para debate

A abertura do certame está marcada para as 18h00, de 2 de novembro, realizando-se, também, neste dia, realiza-se, pelas 21h00, o debate “Norcaça/Norpesca: Impacto das alterações climáticas na agricultura, na caça e na pesca”. No segundo dia, sexta-feira, dia 3 de novembro, a destacar, às 14h00, o “X Fórum Internacional dos Países Produtores de Castanha, Soutos, Cogumelos e Mel”.

Programa diversificado

A Norcaça, Norpesca e Norcastanha 2017 reúne um conjunto de iniciativas diferenciadas. São exemplo, o passeio micológico acompanhado por um guia especializado, as esculturas em madeira com motosserra, os espetáculos de falcoaria e as demonstrações de pesca.

Ainda no programa da feira, um destaque especial para a apresentação do livro “Carta Gastronómica de Bragança – Matérias Primas, Produtos e Práticas Alimentares”, de Armando Fernandes.
A vertente desportiva não foi esquecida e, quem gosta do contacto com a natureza, pode juntar-se à Maratona Ibérica da Castanha ou ao Percurso Pedestre “Por entre os Soutos”, na manhã de domingo. A animação está garantida e durante a realização da feira estarão patentes exposições de pintura, de fotografia e de quadras populares de S. Martinho.

Recomendado para si

“Carta Gastronómica de Bragança” conquista prémio em Nova Io... O livro "Carta Gastronómica de Bragança - matérias primas, produtos e práticas alimentares", conquistou um "Silver Award", no concurso internacional "...
III Festival de Street Art de Bragança – 13 a 17 de ju... No âmbito das intervenções de arte urbana, além dos nove artistas confirmados (oriundos de todo o país e do estrangeiro, sendo eles Alex Dorici (desce...
Bragança mostra aldeia de Rio de Onor na BTL O Município de Bragança, em parceria com a Comunidade Intermunicipal das Terras de Trás-os-Montes, aproveitou a Bolsa de Turismo de Lisboa, para dar a...
Bragança faz viagem histórica até ao séc. XIV As ruas e ruelas da cidadela de Bragança regressam ao reinado de D. Afonso IV em mais uma edição da Festa da História. De 12 a 15 de agosto, soldados ...
Quintanilha Rock regressa a Bragança de 13 a 15 de julho O Quintanilha Rock, evento ibérico e único nas suas características em Portugal, proporciona três dias de partilha musical, gastronómica e ambiental e...