Portugueses apresentam produto inovador na Coreia do Sul

A CoolFarm, empresa portuguesa que vende soluções tecnológicas para a agricultura, foi convidada pela República da Coreia do Sul e com o apoio da aceleradora CNT Tech a estar presente em Seoul durante os próximos 5 meses, para testar a implementação de uma nova inovação portuguesa – o CoolFarm in/store – uma tecnologia chave na mão e inteligente para a produção de vegetais frescos, nutritivos e deliciosos, durante todo o ano, em ambiente limpo e interior, sem desperdícios e com máxima segurança.

De acordo com João Igor, Co-Fundador da CoolFarm, “Estamos entre Seoul, Tokyo e Hong Kong para reuniões com empresas de prestígio internacional, como são exemplos a Samsung, o grupo Jardines e a LG. Para além das negociações de venda e distribuições do CoolFarm in/store, para o retalho e hotelaria através dessas gigantes corporações, a CoolFarm está ainda em conversações com o governo Coreano para a introdução do CoolFarm in/store nas cantinas de escolas e universidades”.

E sublinha: “Na Coreia do Sul têm surgido graves problemas no setor alimentar, como, por exemplo, a recente contaminação dos ovos com o pesticida ‘fipronil’. Hoje, mais do que nunca os coreanos exigem transparência sobre a produção dos alimentos que consomem. A má qualidade dos legumes produzidos é um facto constante e uma consequência da forte poluição do ar, dos solos, da água, e do uso abundante de pesticidas e herbicidas. Desta forma, é prioridade para o governo Coreano combater o desgaste dos recursos naturais e produzir mais e melhor comida para os seus habitantes, tendo sempre em consideração a sustentabilidade”.

“A adoção da tecnologia portuguesa CoolFarm é assim uma grande oportunidade para a nossa empresa e para a Ásia, pois vem proporcionar aos consumidores o fácil acesso aos vegetais frescos de qualidade superior, produzidos localmente e em ambiente limpo, sem o uso de pesticidas e herbicidas, e poupando o máximo de recursos. Por sua vez, o CoolFarm in/store permite aos locais de consumo menos desperdício de comida e mais rentabilidade”, conclui João Igor, que irá permanecer na Coreia do Sul nos próximos 6 meses.

A CoolFarm tem como objetivo permanecer na Coreia do Sul e expandir o seu negócio por toda a Ásia. A Ásia consome 73% dos legumes a nível global.

Recomendado para si

Novo aspirador sem fios Roidmi F8 Storm chega a Portugal O novo aspirador sem fios Roidmi F8 Storm chega a Portugal com a Ziclotech. O modelo, que já foi reconhecido com importantes prémios como o Reddot Awa...
Festival Internacional de Balonismo volta a Coruche O Festival Internacional de Balonismo de Coruche, que teve a sua primeira edição em 2017, volta a aterrar nesta vila ribatejana. De 31 de Outubro a 4 ...
“Escapadinha” de 1 de Novembro no The Oitavos O The Oitavos preparou a escapadinha perfeita para aproveitar o feriado de 1 de Novembro. Entre a serra e o mar, o The Oitavos é o local ideal para um...
Novo router Archer C6 garante rede fiável s super-rápida A TP-Link lança um novo router MU-MIMO Gigabit - denominado Archer C6, que garante uma rede fiável e super-rápida com a tecnologia Wi-Fi 802.11ac. O ...
Swirl Halloween: o gelado para quem não tem medo do dia 31 As lojas Olá recebem uma nova combinação assustadora e surpreendente A poucas semanas do Halloween, a Olá regressa com um novo Swirl pensado especial...
Marca Kasa do Continente mostra coleção e abre venda online... O Continente apresentou a nova coleção outono-inverno da KASA, a marca exclusiva especialista em decoração e artigos para a casa que a partir de agora...