Benefícios do “peeling” para a pele

Author: Share:

Parece inofensivo mas não é. O “peeling” é um dos tratamentos não cirúrgicos mais poderosos contra rugas, manchas e oleosidade da pele. Conheça os seus benefícios, segundo a Clínica Ibérico Nogueira.

Dependendo da profundidade de penetração cutânea, os “peelings” podem corrigir e atenuar o envelhecimento da pele, minimizando rídulas, rugas, oleosidade da pele, manchas de pigmentação e cicatrizes de acne, melhorando o seu tónus, brilho e textura.

Independente da técnica de peeling utilizada, um dos seus muitos benefícios atua na redução das marcas causadas pelo tempo.

Tipologia de Peelings:

• Os peelings superficiais – cuja acção consiste em favorecer uma descamação superficial da pele, são eficazes em pacientes jovens com rugas finas e em pacientes desejem renovar a camada externa da epiderme que se apresente, por exemplo, um pouco queratinizada.

Obviamente, que a eficácia dos peelings superficiais é limitada porque a sua acção não ultrapassa a epiderme. Contudo, a sua aplicação repetida pode proporcionar bons resultados, eliminando a pele envelhecida e as manchas cutâneas.

• Os peelings médios – utilizam-se quando é necessário obter resultados mais consistentes. Numa só sessão podem-se obter os resultados de 4 sessões de “peelings” superficiais. Este tipo de tratamento é muito utilizado para rugas média (não muito profundas) e manchas mais acentuadas.

Requerem uma ausência social de 5 a 7 dias.

• Os peelings profundos – habitualmente são efectuados por um composto químico no qual tem um assume maior importância o fenol. Este composto em contacto com a pele desencadeia a coagulação das células da epiderme e derme profunda o que permite reestruturar todas as camadas cutâneas podendo, deste modo, ser tratadas rugas profundas e pele muito danificada, ex: tratamento das rugas labiais (“código de barras”), pés de galinha (muito marcados) pele espessa e muito manchada.

Estes peelings profundos têm uma recuperação em média entre 7 a 15 dias, mas a pele pode manter-se avermelhada por um período até 3 meses durante o qual a pele deverá ser maquiada tem de ser protegida do sol (filtros solares de coeficiente elevado).

Pub

Informação relacionada