Epson investe 120 milhões de euros em Innovation Centre

A Epson, empresa tecnológica líder a nível mundial, vai investir aproximadamente 120 milhões de euros na construção de um novo edifício, o Innovation Centre Building B, no campus de Hirooka, na cidade de Shiojiri, no Japão. As novas instalações incluem uma fábrica para o desenvolvimento de protótipos e sistemas de impressão comercial e industrial de grande escala, assim como um laboratório de testes para a impressão têxtil digital. Este investimento faz parte dos planos de expansão a médio prazo da divisão de soluções de impressão da Epson.

O Innovation Centre Building B terá uma área total de 37.650 m². No primeiro piso, será instalada a fábrica e o laboratório de testes, enquanto o segundo e terceiro pisos serão destinados às zonas de escritório. O início da construção está previsto para o verão de 2018 e espera-se que, em março de 2020, a atividade no edifício esteja já em curso. A Epson pretende que este novo edifício venha reforçar as capacidades da área de Investigação & Desenvolvimento da empresa, assim como a sua tecnologia de produção no âmbito da impressão comercial e industrial. A empresa espera, ainda, beneficiar de uma maior eficiência operacional, ao colocar todos os departamentos relevantes no mesmo espaço.

O campus de Hirooka trabalha em estreita colaboração com as sedes de Produção da Epson espalhadas pelo mundo, uma vez que é neste local que se encontra o centro de I&D e Produção para os principais dispositivos utilizados na divisão de soluções de impressão, assim como o centro de planeamento e design de impressoras a jato de tinta. Com a construção do novo edifício, a empresa irá potenciar o trabalho colaborativo, com o objetivo de tirar o máximo partido da capacidade de produção do grupo.

A empresa deu já início à construção de uma nova fábrica nas instalações de Hirooka, onde serão produzidas as inovadoras cabeças de impressão PrecisionCore. A fábrica deverá estar concluída na primeira metade de 2018.

A impressão comercial e industrial foi definida pela Epson como uma área de negócio chave na sua visão corporativa de médio-longo prazo, Epson 25, e o Innovation Centre Building B permitirá dar resposta à expansão da marca nalguns mercados prioritários. No mercado da sinalética, por exemplo, a Epson vai expandir e atualizar a sua gama de impressoras, para que ofereçam uma imagem de qualidade superior para todo o tipo de sinalética interior e exterior. Já no mercado da impressão têxtil digital, a empresa prevê uma rápida expansão, uma vez que, para além de terem um impacto ambiental relativamente reduzido, os sistemas digitais oferecem aos negócios de impressão a possibilidade de desenvolverem rapidamente trabalhos de tiragem pequena.

Recomendado para si

Check Point Software encontra vulnerabilidade no Fax Faxploit: Um novo estudo da Check Point Research mostra como o fax da empresa pode ser utilizado para infiltrar malware na rede Encontrada recentement...
Imagem e som de alta qualidade com o novo leitor Blu-ray 4K ... O leitor Blu-ray™ 4K HDR UBP-X500 da Sony é a solução de cinema em casa ideal para a visualização de Blu-Ray Discs™ 4K Ultra HD. Visualize conteúdos ...
Lexus UX Art Space recebe famosos em atuação intimista A Lexus Portugal reuniu um grupo famosos para mais uma “amazing” experience. O encontro contou com um cocktail dinatoire ao som da cantora brasileira...
Viviane irá usar PA portátil Bose Professional numa série de... Poderá uma artista de primeira linha dar um concerto apenas com a ajuda de um PA portátil…? A Bose garante que sim e desafiou Viviane para uma série ...
Playstation confirma presença no evento Comic Con Portugal Durante os quatro dias do maior evento de Cultura Pop do país, a Playstation irá celebrar com os fãs um lançamento exclusivo A PlayStation vai estar ...
Centro Vasco da Gama com cacifos automáticos dos CTT para le... Não tem tempo para levantar as suas encomendas em horário útil? Agora através do serviço CTT Lockers os visitantes do Centro Vasco da Gama já podem le...