Promoção de vinhos portugueses nos EUA

Author: Share:

Uniões e adegas cooperativas portuguesas investem um milhão de euros na promoção dos vinhos nos EUA. A ação decorre a partir do dia 13 de julho no estado de New Jersey.

As uniões e adegas cooperativas portuguesas pertencentes à FENADEGAS vão voar dia 13 de julho até Newark, Estado de New Jersey nos Estados Unidos da América, para mostrar o que de melhor se faz no nosso país no que respeita à produção vitivinícola. A digressão compreende um investimento de um milhão de euros e vai permitir consolidar as exportações para o mercado norte-americano, que vem sendo conquistado há mais de uma década e representa um dos principais importadores de vinho nacional.

O programa de promoção do vinho português nos EUA contempla, no dia 14 de julho, uma prova de vinhos, no hotel Marriott, dirigida a importadores, distribuidores, retalhistas e ainda a jornalistas e líderes de opinião, prevendo-se a participação de mais de 400 pessoas. No dia seguinte, 15 de julho, vai decorrer um jantar vínico no restaurante Sol-Mar, em Newark, para o qual estão convidados os principais importadores de vinho do Estado de New Jersey e ainda jornalistas especializados na área dos vinhos.

Durante o jantar, Rui Marques, delegado da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) em Nova Iorque, vai ter oportunidade de discursar sobre “Os Vinhos Portugueses nos EUA”. Também neste encontro, os representantes de cada união e cooperativa portuguesas presentes vão apresentar a região vitivinícola de onde é oriundo o vinho que representam, descrevendo, ainda, os vinhos presentes à mesa.

A ação no estado de New Jersey conta com a participação da Vercoope, União das Adegas Cooperativas da Região dos Vinhos Verdes, da Cooperativa Agrícola de Pegões, Caves Vale do Rodo e Caves Santa Marta, bem como com as Adegas Cooperativas de Favaios, Vale da Teja, Trevões e Cantanhede.

Depois da missão nos EUA, este grupo de adegas cooperativas, que vem dando grande atenção à problemática da internacionalização dos vinhos cooperativos, já está a preparar deslocações ao Brasil, Angola, Moçambique, Suíça e China, a fim de consolidar as exportações para aqueles mercados.

A FENADEGAS foi criada em 22 de Junho de 1981 por um conjunto de 24 adegas cooperativas de todo o país, com o objetivo de se constituir como uma força representativa dos associados. Atualmente, conta com 56 cooperativas associadas e ainda com três uniões.

Pub

Informação relacionada