Fundação Orquestra Estúdio recebe 321 candidaturas

Author: Share:

Agrupamento sinfónico de Guimarães 2012 será a terceira orquestra de cidade do país. Primeiro concerto agendado para 14 de Dezembro de 2011

Guimarães 2012 seleccionou 298 músicos para realizar audições no âmbito da formação da Fundação Orquestra Estúdio. Cerca de metade são portugueses e os restantes provêm de 22 países da União Europeia. No total, foram apresentadas 321 candidaturas com vista a integrar um dos projectos mais marcantes da Capital Europeia da Cultura (CEC).

O maestro Rui Massena, programador do cluster “Música” e responsável pela criação deste agrupamento sinfónico, tem a seu cargo a selecção de 72 músicos. No total, a orquestra integrará 83 elementos, sendo que 11 serão convidados. A estrutura terá uma dimensão sinfónica e outra de música de câmara, através do seu desdobramento em formações mais pequenas e que podem chegar a outros espaços menos tradicionais e às 69 freguesias do concelho de Guimarães.

No âmbito da segunda fase do processo de selecção, os músicos escolhidos realizam uma audição presencial na cidade berço, entre 17 e 28 de Agosto, e posterior entrevista. Os resultados finais são tornados públicos no site da CEC no início de Setembro. A Fundação Orquestra Estúdio – que pretende assumir-se como a terceira orquestra de cidade em Portugal – inicia ensaios de repertório em 1 de Dezembro deste ano, estando o concerto de apresentação agendado para o dia 14 do mesmo mês.

Este projecto dá corpo a alguns dos principais objectivos do programa “Música”, que pretende sobretudo reforçar as competências da cidade ao nível da produção artística profissional e atrair novos públicos para Guimarães. Os músicos seleccionados para integrar esta estrutura profissional têm, assim, o privilégio de aceder a um estágio profissionalizante, na medida em que serão artistas residentes em Guimarães durante todo o ano de 2012.

Números:
– 99 candidatos seleccionados ao naipe de cordas dos quais 51 portugueses
– 76 candidatos seleccionados ao naipe de sopros metais dos quais 41 portugueses
– 100 candidatos seleccionados ao naipe de sopros madeiras dos quais 50 portugueses
– 7 candidatos seleccionados a harpa dos quais 1 português
– 16 candidatos seleccionados a percussão dos quais 5 portugueses.