“Prenda Solidária” Coolgitf

Author: Share:

Oferecer uma prenda a quem mais precisa é o lema do pack Coolgitf “Prenda Solidária”, uma iniciativa da Lifecooler que se associou à fundação Inatel para o lançamento do primeiro pack-oferta de solidariedade social, à venda em exclusivo nas lojas Fnac.

O Coolgift “Prenda Solidária” consiste num voucher com um valor facial em euros (que pode ser de 25€, 50€ ou 90€) que se destina a ser enviado a uma das 30 instituições de carácter não lucrativo e utilidade pública que integram o pack. Ao receber o voucher, essa instituição ficará com o direito a receber um valor monetário que corresponderá, pelo menos, a 85% do valor facial do Coolgift “Prenda Solidária”.

O lucro é “zero” para os promotores, dai a originalidade deste projecto. Nem a Coolgift nem o seu parceiro FNAC pretendem obter qualquer ganho financeiro, pelo que a percentagem do valor facial do Coolgift Prenda Solidária (15%) a reter destina-se apenas à cobertura dos custos directos.

Para garantir o cumprimento deste princípio a Coolgift compromete-se perante todos os seus parceiros e perante a opinião pública a auditar (através da auditora independente Mazars) o projecto no final do primeiro ano da sua execução. Caso se verifique que o valor retido é superior ao valor efectivamente suportado com os custos operacionais a diferença será dividida, em partes iguais, por todas as instituições participantes no pack-prenda solidária.

Instituições beneficiárias
ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal; AMORAMA – Associação de Pais e Amigos de Deficientes profundos; ABRAÇO – Associação de Apoio a Pessoas com VIH/SIDA; Associação Salvador; APD – Associação Portuguesa de Deficiente; FENACERCI – Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social, FCRL; Liga Portuguesa Contra a Sida; APD – Associação Portuguesa de Deficientes; O Ninho, Casa do Artista; APAV- Associação Portuguesa de Apoio à Vitima; AMCV – Associação de Mulheres Contra a Violência; SOROPTIMIST Internacional Clube do Porto “Invicta”; Associação Médicos do Mundo; Fundação AMI; Cruz Vermelha Portuguesa; FEC – Fundação Evangelização e Culturas; Cáritas Portuguesa; Associação Sol; Aldeias de Crianças SOS; Fundação O Século; Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro; Fundação do Gil; Refúgio Aboim Ascensão; Associação CAIS; Fundação Pro Dignitate; ADDHU – Associação de Defesa dos Direitos Humanos; AMNISTIA Internacional – Portugal