Sardinhas ao vivo no Oceanário

Author: Share:

Pela primeira vez os visitantes podem observar um cardume de sardinhas ao vivo. A nova exposição “Tartarugas Marinhas – A Viagem” acaba de receber um cardume com mais de uma centena de sardinhas (Sardina pilchardus). Estar frente a frente com estes peixes é uma experiência inédita já que é extremamente difícil o processo que leva à sua exibição ao público.

Por ser uma espécie comum das águas do Atlântico nordeste, a integração das sardinhas vem reforçar o realismo do cenário que pretende recriar a longa e perigosa jornada das tartarugas marinhas através dos oceanos.

A natação rápida e sincronizada das sardinhas em contraste com a natação lenta e solitária das tartarugas proporciona aos visitantes instantes surpreendentes. A cor prateada e em tons de azul destes peixes, reflete a paleta de cores do ambiente que as rodeia, criando efeitos que proporcionam momentos visualmente únicos.

Atualmente, são 25 as espécies de peixes que podem ser observadas no aquário da exposição “Tartarugas Marinhas. A Viagem”, como os corcovados, os peixes-enxada, os bodiões-pluma, o peixe-ouriço e, a partir de agora, também as sardinhas.

Sem dúvida, mais um motivo para (re)visitar o Oceanário de Lisboa numa viagem inesquecível pelo mundo das tartarugas marinhas.

Info sobre a espécie em exposição:
– Sardinha Sardina pilchardus (Walbaum, 1792)
– Espécie pelágica com uma ampla distribuição no Atlântico nordeste, formando grandes cardumes junto à costa a profundidades entre os 10 e os 100 metros.
– A sardinha é um peixe com elevado valor comercial, uma vez que é muito apreciada gastronomicamente. O tamanho mínimo para a sua captura é de 11 cm.
– Em Portugal, o volume de captura anual ascende a 50 mil toneladas.

“O Marine Stewardship Council atribuiu a Portugal a certificação de sustentabilidade e boa gestão da atividade piscatória da sardinha pela arte do cerco, sendo esta a primeira pescaria portuguesa a obter a certificação ao abrigo deste programa internacional.”

Leia também:
Oceanário de Lisboa tem nova tartaruga e baptiza-a através do Fb

Pub

Informação relacionada