Opel Insignia 2012: novos motores e mais equipamentos de topo

Author: Share:

Desde a estreia, o Opel Insignia foi distinguido com mais de 50 prémios nacionais e internacionais, entre os quais o prestigiado título de “Carro do Ano”, sendo comercializadas até à data mais de 400.000 unidades do topo de gama da marca.

Com novos motores a gasolina e as mais avançadas tecnologias, o Insignia 2012 está apetrechado para dar continuidade ao trajecto de sucesso do modelo. O Insignia 1.4 Turbo ecoFLEX está apto a acelerar de zero a 100 km/h em 10,9 segundos, alcançando uma velocidade máxima de 205 km/h. O novo 1.4 Turbo está disponível nas configurações sedan de quatro portas ou station wagon Sports Tourer. Registe-se que nesta última, os valores de 5,9 l/100 km e 139 g/km de CO2 criam igualmente novas referências no segmento das carrinhas.

A evolução do propulsor é acompanhada pela optimização das relações de caixa, que se traduzem em redução do consumo e em melhor dinâmica. A direcção assistida eléctrica REPS (Rack Assist Electric Power Steering), instalada pela primeira vez no Insignia, traz vantagens acrescidas, nomeadamente a capacidade de reduzir consumos e, logo, as emissões de dióxido de carbono. Em vez de depender de uma bomba hidráulica que está sempre em funcionamento, sob pressão, o sistema eléctrico de assistência à direcção só consome energia quando o volante é rodado.

O 2.0 Turbo com injecção directa de gasolina, combinado com a avançada tracção integral, entra na nova gama Insignia 2012 com um acréscimo de potência de 30 cv. Está disponível com transmissão manual de seis velocidades ou transmissão automática. O motor passa a debitar 250 cv e um binário máximo de 400 Nm (anteriormente 350 Nm).

Com caixa de velocidade manual, o novo Insignia 2.0 Turbo 4×4 cumpre a aceleração de zero a 100 km/h em escassos 7,5 segundos. A velocidade máxima está limitada electronicamente a 250 km/h. Este propulsor da Opel é uma prova cabal de que a potência elevada e o consumo reduzido podem coexistir. Graças à inclusão do sistema Start/Stop e a pneus de baixa resistência ao rolamento, entre outros, os engenheiros conseguiram reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 para 8,4 l/100 km e 197 g/km, respectivamente (valores anteriores: 8,9 l/100 km, 209 g/km CO2). Com os aumentos de potência e de binário, e as características ainda mais dinâmicas – acompanhadas da redução do consumo – o Insignia 2.0 Turbo 4×4 impõe-se pela performance de topo no segmento médio.

Sistema Start/Stop em várias motorizações

Não são apenas o 1.4 Turbo e o 2.0 Turbo 4×4 que beneficiam da integração do sistema Start/Stop da Opel. O 2.0 Turbo de 220 cv com tracção dianteira e transmissão manual de seis velocidades estará em breve disponível com esta tecnologia economizadora de combustível, recebendo também uma carenagem aerodinâmica integral sob a carroçaria e pneus optimizados em termos de resistência ao rolamento.

Estas modificações traduzem-se numa redução de 0,5 litros no consumo, que baixa para 7,6 l/100 km. A enorme utilidade do sistema Start/Stop destaca-se no trânsito citadino, onde é possível obter poupanças de 1 litro por cada 100 quilómetros. As emissões de CO2 no ciclo combinado registam uma correspondente redução para 179 em vez dos anteriores 189 gramas por quilómetro.

Novos sistemas de infoentretenimento

Os novos sistemas de infoentretenimento Navi 600 e Navi 900 Europa são superiores às anteriores versões baseadas em CD ou DVD, oferecendo um leque de funcionalidades acrescido. A cartografia está armazenada em cartões SD e é possível adaptar os mapas de acordo com as preferências do utilizador. Para além dos pontos de interesse (POI) predefinidos, é possível descarregar e armazenar mais POI no aparelho. O utilizador poderá seleccionar os seus pontos de interesse e armazená-los no livro de endereços como POI individuais.

Outra funcionalidade prática: para além dos trajectos mais rápidos ou mais curtos, o sistema de navegação permite ainda seleccionar o percurso mais económico, ou seja, o que implica um menor consumo.

O sistema Navi 900 Europa apresenta igualmente função de reconhecimento de voz e diário de bordo – este último com a opção de separar deslocações particulares de viagens profissionais. Um anúncio adicional de POI informa o condutor sobre pontos de interesse na proximidade imediata através de um sinal sonoro, texto ou ‘popup’. O Insignia disponibiliza ainda um sistema áudio Infinity de qualidade superior.

Câmara dianteira com funções adicionais

Na Gama 2012, o Opel Insignia apresenta novos aperfeiçoamentos a nível da segurança. A câmara dianteira, utilizada até agora para o reconhecimento de sinais de trânsito e aviso de saída de faixa, passa a dispor de Indicação da Distância, que mede constantemente, em segundos, a distância ao carro da frente. Esta função é activada automaticamente a partir dos 40 km/h, ajudando o condutor a evitar colisões traseiras e eventuais multas por circular demasiado próximo da viatura à frente. O Alerta de Colisão Dianteira emite um sinal visual no painel de instrumentos e um aviso sonoro para assinalar distâncias demasiado curtas. Além disso, em conjugação com o evoluído sistema de faróis direccionais adaptativos AFL+, a câmara comanda a comutação automática entre feixes de ‘médios’ e ‘máximos’.

Requinte acrescido: couro “Indian Night”

Para além das novidades em torno das motorizações e da tecnologia, a gama Insignia 2012 oferece igualmente elegância e conforto acrescidos. Uma nova opção é o acabamento “Indian Night” que se distingue por uma combinação de couro preto de alta qualidade com pespontos contrastantes em tom ‘cognac’. No exterior surge uma nova cor azul metalizada envernizada “Luxor” que, dependendo da incidência da luz, produz reflexos de tom azul-violeta. A silhueta dinâmica e elegante do Opel Insignia será completada por uma selecção de novas jantes de liga.