13 °C Lisbon, PT
2018-01-17

Descubra as curiosas cartas de amor escritas por grandes figuras da História

Será que se deixaram de escrever cartas de amor nestes dias apressados e distantes? Terão sido substituídas pelo SMS e o e-mail? Estarão as pessoas menos românticas? Teremos perdido a fé no amor ou no desejo de o expressar?

As Mais Belas Cartas de Amor e Paixão é uma antologia recheada de ternas histórias de amor, perfeita para oferecer no Dia dos Namorados ou em qualquer altura do ano em que deseje oferecer uma prenda à sua cara metade apenas porque…sim.

Um livro (208 pp I 14,99EUR) que levará o leitor numa viagem entusiasmante, desde a intensidade do amor à primeira vista até à eternidade do romance que permanece para além da vida.

Conheça as mais ternas histórias — as esperanças secretas, a felicidade, as demonstrações intensas de afeto — de grandes homens e mulheres de todos os tempos, celebrando o amor em todas as suas formas. Estas cartas partilham uma genuína devoção que irá confortar e inspirar todos os apaixonados, todos os sonhadores.

Leia, entre outras, as cartas apaixonadas de: Florbela Espanca, Mozart, Bocage, Mariana Alcoforado, Victor Hugo, Frida Kahlo, Almeida Garrett, Eça de Queirós, Sigmund Freud, Oscar Wilde, Pierre Curie, Fernando Pessoa, Emily Dickinson, Amadeo de Souza-Cardoso.

Numa era de comunicações instantâneas, esta antologia única e intemporal recorda-nos que nada se compara ao prazer e à dedicação de escrever uma carta à pessoa especial da nossa vida, e receber as palavras apaixonadas daqueles que amamos.

Paulo Marques, autor do livro 15 Portugueses Ilustres e de dezasseis «Cadernos Biográficos de Personalidades Portuguesas do século XX», editados pelo jornal Público, fez a seleção dos textos apresentados em As Mais Belas Cartas de Amor e Paixão e a respetiva contextualização histórica.

Pub
%d bloggers like this: