Portugueses mais gastadores nas férias fora de casa

Este ano, o valor gasto nas férias será superior ao gasto em anos anteriores. Os portugueses admitem gastar, em média, 884€, quase 180€ adicionais comparativamente a 2015. De uma forma geral, há uma maior intenção de gastos face a 2015, quer no caso das férias em Portugal, como das férias no estrangeiro. Esta é uma das conclusões do Observador Cetelem, que analisou as intenções de consumo dos portugueses nos próximos meses, nomeadamente o orçamento disponível para as férias.

O valor disponibilizado para as férias varia de acordo com o destino. Os portugueses que vão passar férias dentro do país contam gastar aproximadamente 772€, mais 22% do que em relação a 2015 (631€). Já os que pensam fazer férias no estrangeiro admitem gastar cerca de 1.496€, mais 33% do que em 2015 (1.124€).

«Após vários anos de austeridade económica, começam a sentir-se sinais de uma maior confiança dos portugueses em relação à sua situação. O aumento das intenções de consumo durante as férias, este ano, é um indicador de que podemos estar a entrar numa fase mais otimista, o que pode criar bastantes oportunidades, nomeadamente para o setor do turismo», explica Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.


Pub

Este estudo tem por base uma amostra representativa de 600 indivíduos residentes em Portugal Continental, de ambos os géneros e com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, aos quais foi aplicado um questionário estruturado de perguntas fechadas. O inquérito foi aplicado em colaboração com a empresa de estudos de mercado Nielsen, entre os dias 13 e 18 de maio, apresentando um erro máximo de +4,0 para um intervalo de confiança de 95%.

Artigos relacionados