Officine Panerai na Manifesta 11 com “The World is Cuckoo” de Jon Kessler

A Officine Panerai participa na edição de 2016 da Manifesta 11, a Bienal Europeia de Arte Contemporânea, que este ano se realiza em Zurique até dia 18 de setembro. Para esta edição a organização desafiou 30 artistas internacionais a explorar e interpretar o tema “What People Do for Money – Some Joint Ventures”. Cada artista trabalhou em parceria com um representante de uma profissão com sede na cidade de Zurique e expõe agora a sua obra. A Panerai colaborou com o artista Jon Kessler, um pintor e escultor americano que, através da sua criatividade, interpreta o métier relojoeiro e apresenta a obra de arte “The World is Cuckoo (Clock)”.

Exclusivamente para o projeto concebido por Kessler, a manufatura de alta relojoaria Panerai, com sede em Neuchâtel, desenvolveu uma edição especial do movimento P.2005/T, um dos mais complicados e refinados calibres produzidos pela Marca.

O movimento de corda manual P.2005/T possui o especial regulador turbilhão patenteado pela Panerai, aqui apresentado numa versão esqueletizada, com pontes e discos em titânio. O trabalho meticuloso de esqueletização permite visualizar os detalhes fascinantes do movimento, como por exemplo o enrolar e desenrolar da mola dentro de cada barrilete, a interligação complexa do trabalho da roda e a rotação da caixa turbilhão. A autonomia gerada pelo calibre é transferida para um pinhão diretamente ligado ao eixo de transmissão da obra de Jon Kessler. Aqui o ofício relojoeiro é destacado, tornando-se o catalisador da obra, através do fornecimento de um coração pulsante que dá vida à criação mecânica de Kessler.

O artista Jon Kessler explica a obra de arte: “o relógio não vai contar o tempo, mas conta uma história! O relógio transmite a história visual de um cuco que perdeu a capacidade de voar. A sensação de perda e a sua tentativa de recuperar a herança evolutiva comunica um retrato pungente deste momento frágil da ansiedade, perda e mal-estar. Passado, presente e futuro interrelacionam-se nesta colaboração, como as tradições mais antigas como os relógios, as caixas de música e o cinema (na forma de zoetrope) combinam com a vigilância por vídeo e com a tecnologia usado nos drones.”

“The world is Cuckoo (Clock)”está em exposição durante a Manifesta 11 junto a Les Ambassadeurs, Bahnhofstrasse 64, um revendedor oficial da Panerai em Zurique.

Artigos relacionados