Dia dos Avós: como são os seniores nos dias de hoje?

O perfil dos avós está a mudar. Os seniores da atualidade estão mais tecnológicos, renderam-se à Internet e ambicionam manter uma vida ativa, através da participação em vários tipos de atividades. Preocupados com a sua saúde, os seniores portugueses adotaram a prática desportiva e são os europeus mais adeptos das caminhadas. Estas são algumas das conclusões do estudo Observador Cetelem do Consumo, que este ano se foca na análise do segmento sénior (+50anos) ao nível socioeconómico, cultural e familiar.

Seguidores de novas tendências

Para os avós e os seniores portugueses, a Internet tornou-se uma ferramenta familiar. Os portugueses, entre os 50 e os 75 anos, já passam mais horas por semana a navegar na Internet (10h40) do que a ver televisão (10h10), uma tendência contrária à dos restantes países europeus. Portugal, França e Hungria são mesmo os países onde se regista uma grande adesão dos seniores às redes sociais, que utilizam para manter contactos com amigos, família e outros internautas.

As tendências de partilha de serviços de consumo também não passaram ao lado dos avós e dos seniores. Os portugueses com mais de 50 anos são dos mais entusiastas, na Europa, dos modelos de partilha de serviços, como a partilha de automóvel ou apartamento, com 72% a manifestar uma opinião favorável a este tipo de opções. A partilha de automóvel é o serviço que mais atrai os seniores portugueses (41%).

A importância de uma vida ativa

Em relação ao desporto, a caminhada é a atividade de eleição dos seniores. 22% dos portugueses com mais de 50 anos afirma caminhar mais de 8 horas por semana, o valor mais elevado entre os restantes países da Europa, onde caminhadas desta duração são realizadas somente por 17% dos seniores. Apenas 6% dos seniores portugueses afirma não realizar caminhadas.

Bastante sociáveis, a maior parte dos seniores passam o seu tempo com a família (60%) e com amigos (45%). As atividades desportivas pelo menos uma vez por semana (36%), a jardinagem ou bricolagem (28%), a colaboração com associações sociais (13%) e as atividades artísticas como música ou pintura (10%) são algumas das suas outras ocupações. Para os seniores portugueses, manter uma vida ativa é essencial para “envelhecer bem”: 39% acredita que é importante a prática de atividades físicas e 38% a prática de atividades associativas ou profissionais, um valor bastante acima da média europeia (21%).

«Naturalmente que os avós continuam a desempenhar as tarefas e atividades tradicionais, às quais os associamos. Na Europa, os avós portugueses são dos que mais se preocupam com a situação profissional e pessoal dos filhos e netos e muitos continuam a prestar-lhes apoio financeiro. No entanto, existe uma progressão contínua das aspirações com o aumento da idade e este segmento procura cada vez mais envelhecer de forma ativa e saudável», comenta Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.

Recomendado para si

34% dos portugueses sabem o valor exato das suas despesas fi... No que diz respeito às despesas mensais, 34% dos consumidores sabem exatamente quanto gastam com os seus encargos fixos por mês, uma percentagem super...
Portugueses cada vez mais adeptos das novas formas de pagame... As novas formas de pagamento são usadas por cada vez mais portugueses, sobretudo jovens adultos. Segundo o estudo de Literacia Financeira do Cetelem, ...
Portugueses recorrem à família e ao banco em caso de dificul... Confrontados com a necessidade de pedir um empréstimo para enfrentar dificuldades financeiras, os portugueses optam por recorrer à família (45%) ou ao...
Dia do Consumidor: 8% dos portugueses acreditam não ter dire... Questionados sobre outros aspetos dos direitos e deveres dos consumidores, menos de um décimo dos portugueses respondeu corretamente a questões relaci...
Preço do combustível não influencia a utilização do carro pe... A evolução do preço do petróleo não tem consequências na utilização que 57% dos portugueses fazem do automóvel. Ainda que 43% dos condutores nacionais...
Mercado automóvel português é o que mais deve crescer em 201... De uma forma global, o mercado automóvel apresenta um bom comportamento. Entre 2009 e 2015, o mercado mundial de automóveis particulares e de veículos...