12 °C Lisbon, PT
2019-01-20

2016 será o melhor ano de sempre para o turismo algarvio

No primeiro semestre de 2016, o Algarve registou cerca de 7,4 milhões de dormidas, o que representa um aumento de 13,3% face ao mesmo período do ano transato. No total, foram mais de 870 mil novas dormidas na região algarvia nos primeiros seis meses do ano. O mercado interno registou ainda um aumento de 4% nas dormidas no Algarve, totalizando cerca de 1,3 milhões de dormidas.

No dia em que o Instituto Nacional de Estatística divulga os dados relativos à evolução da atividade turística no primeiro semestre do ano, a Região de Turismo do Algarve (RTA) destaca os resultados francamente positivos que a Região tem vindo a verificar ao longo dos primeiros seis meses deste ano. De acordo com Desidério Silva, Presidente da RTA, «todos os indicadores mostram que 2016 será o ano mais forte do turismo algarvio».

Até junho, registaram-se cerca de 7,4 milhões de dormidas nos estabelecimentos hoteleiros algarvios, mais 13,3% face ao mesmo período do ano anterior. E só em junho, os proveitos totais verificaram um aumento de 19,8% face ao mesmo mês de 2015.

No primeiro semestre de 2016, o Aeroporto de Faro processou 3.175.130 passageiros, um aumento de 18,6% relativamente a mesmo período do ano anterior, sendo o Reino Unido, Alemanha, Irlanda, Holanda e França os principais mercados emissores. A Ryanair, Easyjet, Monarch, Transavia e Jet2.com são as companhias aéreas com maior número de passageiros processados, o que confirma a importância no desenvolvimento de ligações aéreas low cost para o Aeroporto de Faro.

As previsões para este verão, e para o outono também, são muito positivas, pois o setor hoteleiro algarvio já apresenta um elevado número de reservas de setembro a novembro.

Desidério Silva explica: «As taxas de ocupação até junho têm sido muito boas e superam as de 2015 em igual período. Registou-se um crescimento importante nos meses que antecipam o verão, uma época normalmente mais difícil em termos de ocupação para o Algarve. O verão está a correr muito bem, e os resultados de julho e agosto irão consolidar os bons resultados desta época balnear. Também é expectável que os meses de setembro, outubro e novembro registem uma taxa de ocupação mais elevada do que no ano transato».

«Os indicadores do primeiro semestre de 2016 mostram de forma clara que a estratégia da Região para o desenvolvimento da sua oferta durante todo o ano, e não apenas no verão, está a dar frutos, pois já estamos a verificar um aumento significativo da procura em meses de época baixa. Estamos claramente a caminhar para um Algarve “de todo o ano”», acrescenta Desidério Silva.

Recomendado para si

MSC Cruzeiros é Cinco Estrelas pelo segundo ano consecutivo A MSC Cruzeiros foi distinguida com o Prémio Cinco Estrelas 2019, pelo segundo ano consecutivo na categoria “Cruzeiros”, passando assim a integrar um ...
Banguecoque volta a ser o destino turístico mais visitado em 2018 Pelo terceiro ano consecutivo, a MasterCard volta a considerar Banguecoque como o principal destino turístico do mundo. Mas, não foi só enquanto desti...
Ocean Cay MSC Marine Reserve: Um Paraíso nas Caraíbas Vistas panorâmicas sobre o Oceano, águas cristalinas, praias de areia branca e macia debaixo do céu azul – este sonho paradisíaco tornar-se-á numa rea...
Agora é mais fácil marcar mesa numa Pousada de Portugal Marcar mesa no restaurante de uma Pousada de Portugal é agora mais fácil e rápido, basta aceder ao site da marca, consultar a disponibilidade e fazer ...
Monverde Wine Experience Hotel aumenta número de quartos em 50% e est... O Monverde Wine Experience Hotel, gerido desde o final de 2016 pela Unlock Boutique Hotels, acaba de anunciar um projeto de renovação e ampliação da o...
Descubra este inverno os Pirineus de Lleida (Lérida) As 11 estâncias de ski dos Pirineus oferecem para esta nova temporada 500 km de ski, com 245 pistas alpinas e inúmeros itinerários nórdicos, 110.584 v...