Estrella Damm Gastronomy Congress estreia com êxito em Lisboa

Seis chefs e seis showcookings únicos reuniram os mais reconhecidos profissionais da gastronomia e restauração em Portugal, 350 espetadores de diferentes pontos do país, dispostos a descobrir a essência e os segredos da cozinha de vanguarda portuguesa e espanhola.

Alcançando o mesmo nível de sucesso das edições anteriores, em Londres e Miami, o primeiro Estrella Damm Gastronomy Congress de Lisboa cumpriu os objetivos estabelecidos com muito empenho dos chefs, qualidade nas suas intervenções, e um grande interesse por parte dos seus participantes. Em confeções exclusivas, os seis chefs uniram culturas e sabores, em apresentações e reflexões que abordaram aspetos cruciais para a gastronomia: técnica, produto, criatividade, tradição, filosofia e identidade.

Conteúdo patrocinado

O dia começou com a apresentação de Kiko Martins, d’A Cevicheria e O’Talho, que elaborou pratos impregnados das suas vivências, à volta do mundo em 80 sabores, numa sessão que deixou a receita do seu ceviche de atum. Segundo o chef português “Tudo o que não se dá, perde-se!”, citando Madre Teresa de Calcutá sobre a importância da partilha de experiências no mundo da gastronomia. “Hoje foi um dia fantástico. Pude partilhar um pouco do que faço todos os dias e aprender com grandes chefs”.

Nandu Jubany reivindicou a cozinha de proximidade, a que exerce desde Can Jubany, em Calldetenes, trazendo alguns dos pratos mais aclamados do restaurante como o “el chapadillo” de enguia do Delta do Ebro com puré de couve-flor, o arroz com gambas de Palamós ou o tutano com ostra. Uma sequência de pratos que aproximou a cozinha neotradicional catalã ao auditório luso. O turno de reflexão sobre a vanguarda e a criatividade na cozinha chegou pelas mãos de Andoni Luis Aduriz, do restaurante Mugaritz. Uma intervenção que abordou a descontextualização da cozinha, e o seu papel como memória e a imprevisibilidade. Apoiado por vídeos e pratos, o chef apresentou ao público português parte do processo criativo do Mugaritz, revelando os passos de confeções como o seu canelone vivo e um ceviche com chia germinada.

Após as sessões da manhã, uma pausa para convívio e degustação de alguns pratos a cargo de Kiko Martins. Com confeções inspiradas em várias partes do globo, a ementa incluiu ceviche puro, taco de tártaro de O’Talho, sanduiche Surf and Turf (Bellypork) e polvo no churrasco. No final, foi servida ainda uma sobremesa de chocolate, caju e banana.

João Rodrigues inaugurou o turno da tarde elaborando um prato do seu restaurante, o Feitoria, inspirado na matança do porco. O chef reivindicou a sua recriação da matança com destaque para o equilíbrio entre o mundo vegetal e animal, substituindo o tradicional coração guisado por um coração de alface brasado. Seguiu-se Henrique Sá Pessoa, do restaurante Alma, ajudado por Pedro Bastos, biólogo marinho e fornecedor de peixe do Atlântico nos mais prestigiados restaurantes portugueses. Juntos mostraram a essência do peixe e do marisco nos Açores e as possibilidades gastronómicas vindas do oceano Atlântico, utilizando peixes de temporada e diversas espécies que contribuem para a sustentabilidade dos mares.

Por último, e encerrando a jornada, a apresentação de Albert Adrià, muito esperada pelo público, que abordou os conceitos chave do seu percurso profissional. Criatividade, modernidade e tradição serviram de fio argumental para um showcooking que revelou a sua visão do vermut contemporâneo, elaborando a sua famosa tosta de sardinha. Adrià também revelou alguns segredos da sua cozinha, aprofundando a relação entre as texturas e os sabores, e partilhando a evolução dos restaurantes que formam o elBarri.

O Estrella Damm Gastronomy Congress pretende ser um encontro anual. Como valorizou Miguel Pires, jornalista gastronómico e condutor do evento, “ este congresso é um ótimo ponto de partida e uma interessante plataforma para a partilha de impressões entre chefs e projeção da cozinha do futuro em Portugal. Uma cozinha célebre no mundo pela sua tradição e produto, mas que começa a ser reconhecida também pela sua vertente vibrante e moderna”.

Recomendado para si

Vencedor do Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce chega a 17 às loj... O Pingo Doce apresenta amanhã o livro "O Narciso com Pelos no Nariz, vencedor da 5ª edição do Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce, cuja autoria p...
Vinhos do Tejo em parceria com a TAP levam néctares a bordo Desafiada pela TAP, a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) rapidamente “embarcou” na iniciativa ‘TAP Wine Experience’, convidando os seus...
Beefeater Dry Gin presente no MERC’ART 2018 Beefeater Dry Gin vai estar presente na 3ª edição do MERC'ART no LX Factory, de dia 13 de novembro a 23 de dezembro. O contentor da marca irá servir d...
Absolut procura o próximo grande criativo da marca com a Absolut Creat... Absolut vai lançar uma competição internacional intitulada Absolut Creative Competition em 19 países, com o objetivo de encontrar a próxima voz criati...
Pizza Hut chega ao Alegro Setúbal O Alegro Setúbal foi escolhido para a abertura de um novo restaurante Pizza Hut, com data marcada para o próximo dia 19 de novembro. Este novo restau...
Intimista: o novo restaurante de tapas alentejanas que tem mesmo de co... Misto de enchidos grelhados, pica-pau, carne de porco à Alentejana e pataniscas de bacalhau. Estas são apenas algumas das tapas que pode encontrar no ...