13 °C Lisbon, PT
2018-11-21

Os portugueses entre os mais convencidos com os veículos do futuro

Trajetos otimizados, mobilidade mais eficiente e inclusiva e redução dos impactos negativos para o ambiente são algumas das vantagens que as viaturas conectadas e autónomas vão trazer às cidades. Mas estarão os portugueses convencidos desta realidade? 84% dos portugueses respondem afirmativamente, um valor acima da média europeia (75%). Estes dados fazem parte de um estudo do Observador Cetelem sobre o futuro do mercado automóvel.

Os carros conectados são já uma realidade e os condutores – e as cidades – começam a beneficiar do desenvolvimento da tecnologia automóvel. Equipados com sistemas de navegação GPS e aplicações de navegação em tempo real, como o CarPlay ou o Android Auto, já disponibilizadas por diferentes marcas de automóveis, os carros conectados permitem ao automobilista otimizar o tempo de trajeto, diminuindo os gastos do consumo e limitando as emissões poluentes. A redução do consumo de combustível (76%), a otimização do trajeto (54%) e a preocupação com o ambiente (27%) são critérios importantes para os portugueses no que diz respeito à viatura conectada, ainda que a segurança das pessoas e dos veículos seja o critério principal (78%).

Conteúdo patrocinado

Na perspetiva dos automobilistas portugueses, funcionalidades atualmente comuns como o GPS ou o computador de bordo já vieram alterar os hábitos de deslocação, especialmente em termos de tempo de percurso (87%), quilómetros percorridos (76%), número de deslocações (49%) e escolha do meio de transporte (46%).

«As expectativas são altas relativamente ao veículo conectado, que passará a autónomo num futuro próximo. A evolução da tecnologia automóvel será responsável por algo fundamental na nossa sociedade: uma mobilidade mais sustentável e inteligente. Menos tráfego, mais espaço para os peões, mais segurança e melhor ambiente. A mudança, embora gradual, está a ser bem recebida pelos portugueses, que são mesmo dos europeus mais recetivos a novas formas de mobilidade, mais económicas e ecológicas», afirma Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.

Para 84% dos portugueses, a viatura totalmente autónoma será uma realidade e 44% mostram-se interessados na utilização deste veículo sem condutor. Entre os europeus, são mesmo dos mais entusiastas em relação ao Google Car e ao Apple Car, com 61% dos inquiridos a referirem que estariam prontos para adquirir um dos dois veículos.

As análises económicas e de marketing, bem como as previsões foram efetuadas em colaboração com a empresa de estudos e consultoria BIPE (www.bipe.com). Os inquéritos de campo ao consumidor foram conduzidos pela TNS Sofres, durante o mês de julho de 2015, em quinze países (África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, China, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, México, Polónia, Portugal, Reino Unido e Turquia). No total, foram questionados mais de 8.500 proprietários de uma viatura adquirida nos últimos cinco anos.

Recomendado para si

34% dos portugueses sabem o valor exato das suas despesas fixas mensai... No que diz respeito às despesas mensais, 34% dos consumidores sabem exatamente quanto gastam com os seus encargos fixos por mês, uma percentagem super...
Portugueses cada vez mais adeptos das novas formas de pagamento As novas formas de pagamento são usadas por cada vez mais portugueses, sobretudo jovens adultos. Segundo o estudo de Literacia Financeira do Cetelem, ...
Portugueses recorrem à família e ao banco em caso de dificuldades fina... Confrontados com a necessidade de pedir um empréstimo para enfrentar dificuldades financeiras, os portugueses optam por recorrer à família (45%) ou ao...
Dia do Consumidor: 8% dos portugueses acreditam não ter direito a recl... Questionados sobre outros aspetos dos direitos e deveres dos consumidores, menos de um décimo dos portugueses respondeu corretamente a questões relaci...
Preço do combustível não influencia a utilização do carro pelos portug... A evolução do preço do petróleo não tem consequências na utilização que 57% dos portugueses fazem do automóvel. Ainda que 43% dos condutores nacionais...
Mercado automóvel português é o que mais deve crescer em 2017 De uma forma global, o mercado automóvel apresenta um bom comportamento. Entre 2009 e 2015, o mercado mundial de automóveis particulares e de veículos...