13 °C Lisbon, PT
2019-01-20

“cultura de invencibilidade” entre os jovens leva a que abdiquem do sexo seguro

Vídeo revela o que os rapazes realmente pensam sobre sexo quando eles acham que as raparigas não estão a ouvir

“Faz-se luz” num novo relatório de pesquisa lançado pela Durex internacionalmente que revela as circunstâncias e os preconceitos existentes atualmente e que levam muitos jovens (entre os 16 e os 24 anos) a não praticarem sexo seguro.

O estudo aprofundado – uma combinação de questionários e entrevistas com jovens, realizada ao longo de dois anos – revela um impressionante desconhecimento sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST’s), gravidez não planeada e atitudes sexuais do sexo oposto.

Os jovens sabem que devem usar preservativo cada vez que têm relações mas, no calor do momento, o “faz o que eu digo não faças o que eu faço” acaba por prevalecer. Ao que parece muitos jovens não se preocupam com as consequências da prática do sexo inseguro e/ou não têm confiança suficiente para insistir no uso do preservativo, o que significa que muitos correm riscos que eles próprios sabem que não devem correr.
A atitude típica do “só acontece aos outros” e a falta de conhecimento em torno dos riscos de DST’s e de uma gravidez não planeada acabam por alimentar a chamada “cultura da invencibilidade”.

Os factos são claros: 40% dos jovens sexualmente ativos na faixa etária 16-24 admitiram que tiveram sexo com mais do que uma pessoa sem preservativo e 61% concordaram que não costumam pensar em preservativos, até ao momento em que realmente precisam de usar um.
Apesar desta tendência comum para correr riscos, apenas 14% dos entrevistados disseram que as DST’s (não incluindo o VIH e SIDA) são a sua principal preocupação. Menos de um quarto mencionou que a sua maior preocupação no sexo desprotegido é o facto de poder culminar numa gravidez indesejada.
As estatísticas e os pontos de vista dos inquiridos demonstram a escala dos atuais entraves ao sexo seguro. Quase metade (48%) acha que contrair o VIH/SIDA não é algo que poderá acontecer no seio do seu grupo de amigos.

CONFIANÇA É A CHAVE

A Durex acredita que esta pesquisa e o filme colocaram a descoberto algumas novas formas de assumir estes desafios e começar a mudar as atitudes em relação ao sexo seguro. A marca lançou uma plataforma digital abrangente (http://quando-esta-posto-tu-estas-pronto.durex.pt/) que proporciona aos jovens conselhos reais sobre sexo e relacionamentos. A plataforma inclui conselhos práticos, artigos e vídeos sobre tópicos como: confiança, sexo seguro, DST’s e gravidez não planeada.

Mark Pearson, Durex Regional Brand Director:
“Naturalmente que o sexo seguro deve ser da responsabilidade de ambos os parceiros, mas o que aprendemos com muitos homens jovens durante a pesquisa é que as raparigas são muito as “porteiras” – o que elas dizem avança.”
“As mulheres jovens disseram-nos que, embora saibam que devem insistir no uso do preservativo, a realidade é que muitas vezes quando chega o momento, o preservativo não é usado por uma série de razões. Um motivo comum que ouvimos foi que elas receiam que, ao insistirem no uso do preservativo, possam estragar o momento e afugentar o parceiro. Este medo da rejeição e de estragar o momento é uma barreira fundamental para muitas mulheres jovens, mas descobrimos que não é de todo o que acaba por acontecer. Na verdade, o oposto é verdadeiro.”

“Há um medo de rejeição – apenas queremos fazê-los felizes.”
A Durex quer quebrar mitos sobre como os rapazes se sentem quando uma rapariga insiste no uso do preservativo. A pesquisa revela que a abordagem padrão para mais de um terço dos homens é tentar fugir ao uso do preservativo2 mas o filme demostra que muitos pensam que é excitante quando o uso do preservativo não é algo negociável. Na verdade 79% dos homens jovens disse que considera excitante quando a parceira insiste em utilizar preservativo2.
“Eu pessoalmente adoro. Se ela puxa de um preservativo e estás apenas pronto para colocá-lo…bora lá! ”

A Durex quer usar esta mensagem e o conteúdo disponível na plataforma online para dar uma reviravolta no “momento preservativo” de uma situação que, atualmente, causa preocupação em algo que é bom para ambas as partes.

Recomendado para si

Perder peso depois dos 40 Para a grande maioria das mulheres, a entrada nos "entas" caracteriza-se pela facilidade em engordar e maior dificuldade em perder peso. De facto, os ...
Laboratórios LETI lançam Sebamed Emulsão sem sabão com Azeite Os Laboratórios LETI apresentam Sebamed Emulsão Sem Sabão com Azeite, desenvolvido para prevenir o aparecimento precoce de rugas e proteger o manto da...
Hospitalização domiciliária traz benefícios para o doente agudo Hoje assistimos a um aumento da esperança média de vida, para a qual têm contribuído as melhorias das condições de higiene e dos cuidados de saúde pre...
Fitness Hut lança campanha “É POR MIM!” Quando chega o inverno, é mais do que comum começarmos a perder a vontade de ir regularmente ao ginásio. O verão já lá vai e o biquíni há muito que já...
Maria Cerqueira Gomes aceitou o desafio de L’Oréal Professionnel Natural do Porto, a apresentadora e modelo é uma referência inspiradora para muitas portuguesas. O estilo effortless chic, a personalidade determinada...
Portugueses estimam gastar 372 euros nas compras deste Natal De acordo com o estudo do Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM), os portugueses pretendem gastar uma média de 372 euros nas compras ...