Novo livro ajuda profissionais de saúde na relação com a pessoa com diabetes

Author: Share:
novo-livro-ajuda-profissionais-saude-na-relacao-pessoa-diabetes

A Educação Terapêutica nas doenças crónicas é considerada uma prioridade nos cuidados de saúde atuais. A Organização Mundial de Saúde preconiza para o 3.º milénio a extrema relevância da educação terapêutica na motivação para a adesão ao tratamento nas doenças crónicas. A evidência científica confirma a importância da Educação Terapêutica na promoção da saúde e dos aspetos psicossociais nas pessoas com doenças crónicas.

«Sabemos que quase 100% dos cuidados de saúde são prestados pelas próprias pessoas e não pelos profissionais de saúde. A equipa de saúde proporciona a sua experiência, educação e apoio, mas não controla as decisões de mudança de comportamentos nem a gestão da doença crónica, são as próprias pessoas que realizam diariamente esses cuidados», refere a enfermeira Lurdes Serrabulho, autora da recém-lançada obra, coordenadora de enfermagem e formação na APDP.

As atitudes e competências a desenvolver pelos profissionais de saúde para otimização da prestação de cuidados na área da Educação Terapêutica estão relacionadas com a empatia, a escuta ativa e reflexiva, a congruência entre a comunicação verbal e não-verbal, a valorização da participação ativa das pessoas em todo o processo e encorajar e reforçar de forma positiva. Estes procedimentos vão facilitar o processo de mudança de comportamentos e de adesão ao tratamento.

novo-livro-ajuda-profissionais-saude-na-relacao-pessoa-diabetes_1

«É muito importante trabalhar em equipa multidisciplinar e desenvolver a interdisciplinaridade entre todos, o que será muito benéfico para toda a equipa, incluindo, claro, as pessoas com diabetes e familiares com quem trabalhamos», acrescenta.

Este documento foi elaborado com base na experiência da APDP, nos seus muitos anos de Educação Terapêutica, na sua prática diária no acompanhamento das pessoas com diabetes, nas suas ações de formação para pessoas com diabetes e profissionais de saúde, e na bibliografia de referência, que tem procurado dar um contributo fundamental para a compreensão da educação na doença crónica.

Informação relacionada

Deixar um comentário