Home | Lazer | Exposições | Adoção de animais em campanha do MAR Shopping

Adoção de animais em campanha do MAR Shopping

No âmbito da campanha desenvolvida no MAR Shopping para assinalar o Dia do Animal, a Associação Midas – Movimento Internacional de Defesa dos Animais encaminhou para adoção 22 cães e gatos, cujas fotos em tamanho real estiveram expostas pelo centro comercial ao longo do mês de outubro. “Durante a iniciativa, recebemos mais de 120 contactos. Todos os animais selecionados para a ação, 15 cães e sete gatos, foram adotados. Além disso, através da divulgação que a iniciativa proporcionou conseguimos ajudar mais animais, sendo que, a nosso cargo, temos neste momento 270”, congratula-se Lígia Andrade, da direção Midas.

No Dia do Animal, que se comemorou a 4 de outubro, o MAR Shopping lançou também uma campanha online para levar Atividades Assistidas por Animais (AAA) aos utentes do Lar da Terceira Idade Mãe de Jesus do Centro Social e Paroquial do Padrão da Légua (CSPPL). Entre 4 e 16 de outubro, por cada novo Like na página oficial do Facebook do Centro Comercial, o MAR Shopping doaria 1€, até um limite de 700€. Um objetivo que foi plenamente alcançado em apenas uma semana.

As AAA que estão a ser desenvolvidas pela Ânimas, a entidade que possui maior experiência em intervenções assistidas por animais no país, arrancaram no dia 2 de novembro e estendem-se por um período de seis meses. São 11 os idosos do Lar da Terceira Idade Mãe de Jesus, com idades entre 76 e 96 anos, que semanalmente estão a receber as visitas das duplas (voluntário e cão) certificadas da Ânimas.

No rescaldo da primeira sessão, Susana Pereira, psicóloga do CSPPL, conta: “os idosos mostraram-se bastante à vontade na primeira interação com os cães. No final da sessão, todos manifestaram vontade de repetir as sessões.” Já Abílio Leite, voluntário da Ânimas, considera que, no futuro, se verificarão muitas “alterações positivas” no bem-estar deste grupo de idosos.

De referir que as Intervenções Assistidas por Animais são usadas em áreas como a saúde e educação, em que a presença do animal é um facilitador para atingir resultados positivos. O recurso a Intervenções Assistidas por Animais é cada vez maior, mas Liliana de Sousa, presidente da Ânimas alerta: “Há que ter em consideração as regras internacionais para este tipo de intervenção.” A Ânimas é a única entidade portuguesa a integrar a ADEu (Assistance Dogs Europe) e a ADI (Assistance Dogs International).

Segundo dados da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, em 2015 os canis municipais nacionais recolheram 30.192 animais. E apesar da criminalização dos maus-tratos, os números continuam a envergonhar. Só entre janeiro e março deste ano, o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente da GNR recebeu por dia cerca de 12 denúncias, levantaram 17 autos de contraordenação e contabilizaram 2 crimes contra animais.

“O MAR Shopping tem vindo a assinalar o Dia do Animal com ações que visam, não só promover a adoção de animais abandonados e divulgar as instituições que os acolhem, como também sensibilizar para todas as suas potencialidades como companheiros e até como facilitadores de terapias. O nosso objetivo é acima de tudo sensibilizar para o não abandono”, explica Sandra Monteiro, diretora-geral do MAR Shopping.

Check Also

“Não Matarás”, de Julia Navarro

O sétimo romance de Julia Navarro chegou às livrarias espanholas há poucos meses, enquanto decorria …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.