Home | Moda | Calçado | Campanha Portuguese Shoes 2017 – APICCAPS

Campanha Portuguese Shoes 2017 – APICCAPS

2017 promete ser icónico para a indústria mais sexy do mundo, com um recorde de 200 empresas de calçado a marcar presença em ações promocionais espalhadas pelos 5 continentes.

Para que em 2017 o calçado português chegue ainda mais longe, a APICCAPS tem prevista a maior ofensiva promocional do setor nos mercados externos. Ao longo do ano, 200 empresas estarão presentes em mais de 60 acções, divididas por 16 países, nos cinco continentes. Já a partir de janeiro, 70 empresas nacionais integram 12 ações especializadas, começando pela importante Expo Riva.

O crescimento contínuo do calçado português nos últimos anos – 2016 representou o sétimo ano consecutivo de crescimento de venda de calçado português no exterior – é o resultado de uma estratégia de internacionalização de longa duração. Se 2016 foi o ano que iniciou a aposta no mercado japonês, 2017 será simultaneamente um ano de consolidação estratégica (em mercados como a Colômbia, Chile e Perú ao fim de 3 anos) e de preparação para a entrada em novos mercados (EUA em 2018).

Com uma presença cada vez mais concertada em espaços extra-comunitários, todas as ações de comunicação e imagem terão como tema suporte a campanha ICONIC, protagonizada por Victoria Guerra. Um dos rostos mais internacionais da nova geração de atores portugueses, dá corpo a seis personagens icónicas que cruzam referências estéticas, culturais e históricas do cinema, música e espetáculo.

Desde o lançamento da Campanha Portuguese Shoes, as exportações portuguesas de calçado já aumentaram mais de 55%, ascendendo agora a 1.900 milhões de euros nacionais. Portugal exporta anualmente 98% da sua produção, o equivalente a 70 milhões de pares, para 152 países, nos cinco continentes.

Check Also

Tashi lança Treasure, joias para levar em todas as viagens

Treasure é a mais recente coleção da Tashi. Inspirada na descoberta, significa “tesouro” e são …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.