Home | Lazer | Música | Concertos | Palácio Nacional de Queluz apresenta concerto virtual em video mapping

Palácio Nacional de Queluz apresenta concerto virtual em video mapping

A Parques de Sintra apresenta no Palácio Nacional de Queluz, de 20 a 22 de janeiro e com entrada livre, uma estreia absoluta em Portugal: o primeiro concerto virtual em video mapping, “Regresso ao Palácio – A Viagem Concerto”, uma criação original e produção do ateliê OCUBO. O espetáculo é projetado nas fachadas exteriores do monumento, considerado uma referência da arquitetura palaciana da segunda metade do século XVIII.

A empresa assinala desta forma a conclusão da primeira grande campanha de obras de restauro, após a passagem da gestão do monumento para a Parques de Sintra em 2012, que devolveu ao Palácio a sua cor original, o azul, e que, além das fachadas, envolveu intervenções também nos vãos e nas coberturas; a adaptação dos pisos térreos inacabados do Pavilhão Robillion a cafetaria, auditório e espaço de apoio para eventos; e a primeira fase da recuperação do Jardim Botânico.

O concerto virtual tem a duração de 45 minutos e será reproduzido às 19h, 21h e 22h30 nos dias 20, 21 e 22 de janeiro. É composto por temas de Händel, Bocherini e Mozart, tocados pela orquestra Divino Sospiro.

Os mais de 20 músicos que atuam neste inovador concerto são filmados em estúdio, projetados virtualmente na fachada e inseridos nas animações 2D e 3D. As animações são sincronizadas com a música, conferindo dinamismo ao espetáculo. As personagens, também elas filmadas em estúdio, são caracterizadas com um elevado nível de detalhe, tal como os cenários onde vivem, transportando-nos para o séc. XVIII. Este concerto virtual é uma oportunidade única para ver elementos do património artístico, histórico e decorativo do Palácio a ganhar vida em animações fantásticas e surrealistas, em que os tetos, tapeçarias e porcelanas se animam de forma mágica e poética.

Esta é uma das maiores projeções realizadas em Portugal e é feita ao longo de 200 metros de fachada, complementada com uma projeção 360º na estátua de D. Maria I.

Check Also

“Eu Sou Dinamite! – A vida de Friedrich Nietzsche”

Eu sou Dinamite! – A vida de Friedrich Nietzsche, de Sue Prideaux, publicado em Portugal pela …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.