PME europeias vão exportar mais

Exceção verifica-se no Reino Unido e registou-se nos meses que se seguiram ao referendo de junho relativo ao “Brexit”

As pequenas empresas europeias estão-se a voltar cada vez mais para a exportação como forma de aumentar as suas receitas, de acordo com os resultados do último estudo da UPS, desenvolvido no segundo e terceiro trimestre de 2016. A exceção, no entanto, verifica-se no Reino Unido, especialmente nos meses que se seguiram ao referendo de junho relativo ao “Brexit” e à permanência na União Europeia.

O estudo UPS European SME Exporting Insights inclui os contributos de 12.815 proprietários e diretores de Pequenas e Médias Empresas (PME) de oito países europeus. Os resultados demonstram um aumento do número de pequenos empresários a exportar e a crescer acima da receita média. De acordo com a 4º edição anual deste estudo, as PME que exportam crescem mais rapidamente do que outras empresas.

Conteúdo patrocinado

Um fator claro que afeta os resultados da pesquisa de 2016 é o voto do referendo de junho no Reino Unido para deixar a União Europeia. No Reino Unido, as respostas foram recolhidas antes e depois da votação. Os resultados revelam uma perda significativa de confiança relativamente à exportação das PME do Reino no terceiro trimestre. Veja-se que antes da votação, 36% das PME britânicas previam um aumento das exportações, que caíram para 20% depois do referendo.

Pelo contrário, as expectativas mudaram em todos os outros mercados. As empresas confiantes no aumento das exportações subiram de 26%, no segundo trimestre, para 33%, no terceiro trimestre. O aumento das exportações em todos os mercados ​​alterou a posição do Reino Unido no ranking europeu. Anteriormente, ocupava o segundo mercado mais intensivo em exportação depois da Alemanha. Agora encontra-se em sexto lugar.

“No setor das pequenas e médias empresas, os exportadores registam um maior crescimento da receita e estão mais confiantes relativamente à sua performance no futuro”, refere Nando Cesarone, presidente da UPS Europa. “O estudo de 2016 demonstra que mais de metade dos diretores de pequenas empresas que apostam na exportação dos seus produtos viram as suas receitas aumentarem durante os últimos três anos. No entanto, apenas 31% dos pequenos empresários que não exportaram os seus produtos sentiram um crescimento.”

A proporção de PME exportadoras aumentou globalmente, sendo que foi acentuado em alguns casos. Estas PME apresentam previsões positivas, sendo que a maioria das empresas em todos os mercados prevêem que as exportações sejam estáveis ​​ou obtenham crescimento. As principais conclusões incluem:

– A proporção de PME exportadoras cresceu em todos os mercados, incluindo no Reino Unido. As PME tendem a exportar mais para a Alemanha.
– A UE continua a ser o mercado de exportação mais importante para as PME europeias, seguido dos EUA. A proporção de empresas que exportam para outros países está a aumentar em todos os mercados, com excepção da Itália e do Reino Unido

Pela primeira vez, os não-exportadores foram abordados sobre sua abertura à exportação e as suas prioridades de negócios em relação ao futuro. Estes resultados foram combinados para criar uma escala ponderada – o Export Readiness Index (Índice de Prontidão à Exportação). Desta forma, obtemos um reflexo real da abertura das PME europeias na transição para a exportação.

De acordo com o Índice, os três principais temas que as empresas precisam de abordar para começar a exportar são tirar partido do e-commerce, aprender a crescer em mercados desconhecidos ou pouco familiares e obter informações de mercado. As PME em França, no Reino Unido e em Espanha foram as que mais se mostraram “prontas a exportar”. “Estamos aqui para ajudar as empresas a navegar com segurança nas complexidades do comércio transfronteiriço”, disse Cesarone. “Os nossos clientes têm acesso a especialistas em corretagem dedicados que facilitam a exportação.”

Recomendado para si

À Roda Da Alimentação do Continente promove alimentação saudável À Roda da Alimentação é uma plataforma de comunicação integrada que surge do compromisso do Continente em promover a alimentação saudável em Portugal ...
Aspirador AEG LX7 X Power Animal Animais de estimação com pelo não têm que ser sinónimo de falta de limpeza em sua casa. A pensar nos apaixonados pelos amigos de quatro patas, a AEG a...
Dr. Oetker lança primeira pizza congelada com massa vegetal em Portuga... Acaba de chegar ao mercado nacional de congelados a mais recente inovação da Dr. Oetker: YES it’s Pizza, a primeira pizza com massa vegetal. Sob o mot...
Novos produtos NIVEA MEN Na primeira metade do ano, NIVEA MEN trouxe o cuidado da barba aos homens portugueses, através de um Shampoo 2-em-1 para Cabelo & Barba e um Óleo ...
Acer Anuncia dispositivo AIoT de computação Edge com suporte para Amaz... A Acer anunciou hoje o aiSage, um dispositivo de computação edge que combina Inteligência Artificial + Internet das Coisas (AIoT) e tem uma câmara int...
Laboratórios LETI apresentam Baby Sebamed Leite Intensivo Os Laboratórios LETI, especializados no cuidado da pele de toda a família, apresentam Baby Sebamed Leite Intensivo, de uso corporal, nutritivo e de lo...