Home | Últimas Notícias | Fim de semana de Carnaval em Bragança alia diversão e gastronomia de excelência

Fim de semana de Carnaval em Bragança alia diversão e gastronomia de excelência

De 24 a 26 de fevereiro, Bragança organiza o Festival do Butelo e das Casulas e no dia 25 de fevereiro, no Carnaval de Bragança, os Caretos saem às ruas com um único intuito: assustar as raparigas solteiras e dançar ao som de músicas tradicionais. Duas boas razões para visitar ou revisitar a nona cidade mais antiga do País e um dos concelhos mais atrativos, a nível nacional, para Viver, Visitar e Investir, onde a história, a modernidade, a boa gastronomia e os cheiros de “antigamente” se conjugam na perfeição.

Festival do Butelo e das Casulas

Durante o fim-de-semana são 26 os restaurantes participantes no festival gastronómico, onde o butelo e as casulas confecionados por mãos sábias, segundo os ensinamentos de outras gerações, são reis. Acompanhar a refeição com o saboroso azeite, um bom vinho transmontano e o pão caseiro, terminando com uma sobremesa tradicional são também sugestões a não perder.
A par da oferta a nível da restauração, o Festival do Butelo e das Casulas instalado na Praça Camões, permite ainda conhecer cada um dos 20 produtores de butelo, casulas e fumeiro e os 14 expositores de artesanato, produtos hortícolas e produtos da terra.

Carnaval dos Caretos

Para quem aprecia a folia do Carnaval, Bragança proporciona uma experiência única com o Carnaval dos Caretos. Dia 25 de fevereiro, os Caretos saem às ruas com um único intuito: assustar as raparigas solteiras e dançar ao som de músicas tradicionais.
Mais de 1.000 Caretos vão “tomar de assalto” Bragança. Serão mais de 15 grupos de mascarados e de gaiteiros de Portugal e Espanha, aos quais se juntam centenas de crianças das escolas do Concelho de Bragança, trajadas a rigor. No final, quem quiser participar nesta tradição pode juntar-se aos milhares de pessoas e ajudar a queimar o Diabo.

No programa de visita a Bragança é ainda possível ver as exposições “Proporção e Desígnio”, de Eduardo Souto de Moura (detentor de diversas distinções, entre elas o Prémio Pritzker), e “Diários sem ordem – As imagens e as palavras”, de Graça Morais, no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais.

Ao passear pelas ruas de Bragança é incontornável seguir em direção à Cidadela do Castelo de Bragança, e encontrar um dos mais belos castelos do País, que alberga o Museu Militar (segundo mais visitado em todo o País), a Domus Municipalis (exemplar único na Península Ibérica), a Igreja de Santa Maria do Sardão ou o Museu Ibérico da Máscara e do Traje, que acolhe os trajes e máscaras dos Caretos portugueses e espanhóis.

Check Also

Swarovski apresenta a nova Eyewear Collection 2019

Incorporando os mais recentes designs, linhas puras e uma paleta de cores apelativa, a coleção …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.