Home | Saúde e Beleza | Exportações em saúde mais que duplicam em nove anos

Exportações em saúde mais que duplicam em nove anos

1411 milhões de euros foi quanto Portugal exportou em 2016, mais do dobro dos 627 milhões de euros atingidos em 2008.

As exportações do setor da saúde atingiram novo máximo em 2016: 1411 milhões de euros, mais do dobro do valor registado em 2008. Face a 2015, este valor representa um crescimento de 16%.

A maioria dessas exportações refere-se a medicamentos (75%), mas também incluem material médico-cirúrgico (19%) e matérias-primas (5,5%). Na lista dos maiores importadores dos produtos de saúde portugueses estão os Estados Unidos da América, a Alemanha, o Reino Unido, a Espanha e a França.

Joaquim Cunha, diretor executivo do Health Cluster Portugal (HCP), sublinha que “este aumento significativo face a 2015 é o reflexo do bom trabalho que o setor da saúde tem vindo a desenvolver, onde se destaca o papel das empresas da área dos medicamentos, das matérias-primas e dos dispositivos médicos, que têm vindo a posicionar-se de forma competitiva nos mercados externos”.

De acordo com o diretor do HCP, “os últimos nove anos evidenciam um crescimento persistente das exportações da saúde, tendo hoje um considerável peso na economia nacional.” Defende ainda que os principais desafios são “dar continuidade aos investimentos, criar condições de estabilidade e trabalhar as questões ligadas à reputação, para que o setor português da saúde passe a ser visto lá fora como uma referência.”

Check Also

Optiserum para acabar com o desconforto ocular

Optiserum é a proposta dos Laboratórios Expanscience para acabar como desconforto ocular decorrente do tempo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.