13 °C Lisbon, PT
2019-02-17

Mude o destino de crianças como a Sofia e o Nuno

Este ano, a campanha de consignação do IRS das Aldeias de Crianças SOS baseia-se em histórias reais de crianças que acolheram e cuidaram nos últimos 50 anos, em Portugal. Algumas festejam pela primeira vez o seu anversário, outras perdem o medo de voltar para casa, entre muitas outras histórias, que nenhuma criança deveria viver.

Ao mudar o destino de 0,5% do IRS em prol desta causa, o contribuinte está a mudar o destino de crianças que, como a Sofia, o Nuno, a Luísa e o Sérgio, precisam de proteção! Com este gesto, está a contribuir para os programas de protecção e prevenção que já mudaram o destino e a vida de centenas de pessoas.

No nosso país, estes programas acolhem e acompanham mais de 250 crianças e jovens. Nas três Aldeias SOS vivem atualmente cerca de 120 crianças e jovens, que aqui encontram uma uma casa, uma Mãe SOS e uma família onde não há separação dos irmãos biológicos. Através do Programa de Fortalecimento Familiar, intervêm já com mais de 100 famílias (cerca de 150 crianças) em três cidades diferentes.

Nos meses de abril e maio, todos os contribuintes têm a oportunidade de poder consignar 0,5% do seu IRS (imposto liquidado que, de outra forma, iria para o estado) a esta organização, sem qualquer custo ou perda de benefício fiscal. Para tal, basta colocar o NIF 500 846 812 no quadro 11 da sua declaração.

Com o seu apoio, as Aldeias de Crianças SOS poderão continuar a mudar o destino destas e outras vidas, quebrando ciclos de violência e devolvendo a infância a crianças que a perderam.

Sobre Aldeias de Crianças SOS

A missão das Aldeias de Crianças SOS é cuidar, em família, de crianças desprotegidas, ajudando-as a moldar o seu futuro, desenvolvendo e inserindo-se positivamente em comunidade. A organização providencia cuidado a longo prazo a crianças que não podem estar com as suas famílias biológicas e fortalece as famílias de crianças em perigo de serem retiradas às suas famílias.
As Aldeias de Crianças SOS estão presentes em 134 países com mais de 2.000 programas que dão apoio a mais de 550.000 crianças e integram a ONU desde 1995, como ONG consultiva junto do Conselho Económico e Social das Nações Unidas. Foram já nomeadas para o Prémio Nobel da Paz 14 vezes.
Atualmente existem três Aldeias SOS em Portugal, situadas em Bicesse (Cascais), Gulpilhares (V.N.Gaia) e na Guarda e o Programa de Fortalecimento Familiar em Rio Maior, Guarda e Oeiras, acolhendo e acompanhando mais de 250 crianças.

Recomendado para si

Capotes alentejanos da “Capote’s Emotion” desfilaram em Sevilha O projeto INTREPIDA - que visa potenciar a Cooperação Transfronteiriça entre Portugal e Espanha através do programa Interreg POCTEP - apoiou a presenç...
FILA apresenta coleção Primavera/Verão de perder a cabeça A nova coleção da FILA está melhor do que nunca! Inspirando-se nas ruas e em quem protagoniza as mais recentes tendências de streetwear, a marca itali...
Já foram reveladas as 10 principais Tendências do Setor Agroalimentar ... Inovação, novidades e futuras tendências agroalimentares revelaram a importância da modernização, da criatividade e do olhar atento no setor agroalime...
Mesas Bohemia trazem restaurante madeirense Kampo até Lisboa Entre 22 e 24 de fevereiro, vai ter lugar mais uma edição do evento Mesas Bohemia. Desta vez, o restaurante funchalense Kampo, do Chef Júlio Pereira, ...
Grupo Os Mosqueteiros entrega 120 mil euros a 4 instituições de solida... O responsável do Grupo Os Mosqueteiros, João Magalhães entregou o apoio do Grupo às instituições que participaram na campanha "Votos que valem Festas ...
Knot lança uma t-shirt para pai e filhos que desafia o cérebro Sob o mote “It’s less what the eye sees and more what the soul feels”, a Knot lança uma t-shirt para pai e filhos que desafia os limites dos nossos ol...