Home | Alimentação e bebidas | Ervideira lança 8ª colheita do Invísivel

Ervideira lança 8ª colheita do Invísivel

A Ervideira volta a lançar uma nova colheita de Invisível, mantendo a tradição de a lançar no dia das mentiras. E não é por ser alguma mentira! A verdade é que se trata de um vinho único, reconhecido como branco, mas que é feito a partir de uvas tintas segundo uma tecnologia de frio.

Num almoço organizado para a imprensa no Restaurante da Associação Naval de Lisboa em Belém, cujo tema foi “Invisível, Um vinho inovador no mercado”, o programa começou com uma inédita prova vertical, onde se pôde provar todas as colheitas desde 2009, numa experiência, também esta, verdadeiramente única. Seguiu-se um almoço sempre acompanhado pela mesma colheita, de 2016, embora aqui com diferentes pratos e diferentes temperaturas, de forma a perceber a elevada capacidade de pairing deste vinho com a mais variada gastronomia: a entrada, uma variedade de Sushi e Sashimi, permitiu que o Invisível fosse servido a 4-6º; seguiram-se umas preciosas vieiras que acompanharam o Invisível servido a 8-10º; a terminar, um Magret de Pato com o mesmo vinho servido a 16-18º, concluindo uma imensa capacidade de harmonização.

Segundo Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira, “a oitava edição deste vinho exigia que fizéssemos algo diferente. Uma prova vertical, que permitisse perceber a sua evolução ao longo destes anos, era premente. Estamos a falar de um vinho inovador no sector, que tem tido uma adesão fantástica ao longo das suas diferentes edições e nos mais diversos mercados, tanto Nacional como Internacionais.”

“A tradição do seu lançamento a 1 de abril tem a sua razão pelo simples facto de estarmos a produzir um vinho cuja casta é originalmente associada a vinhos tintos e nós apresentamo-la com “o rótulo” de vinho branco”, conclui.

Esta é a 8ª colheita que a Ervideira lança no mercado. No início, em 2009, a produção era de 13.000 garrafas. Hoje, com uma aceitação cada vez mais notória por parte do público em geral, a produção alargou-se para as 60.000 garrafas/ano, sendo que só na primeira semana de pré-lançamento já foram vendidas 16.000 e prevê-se que, tal como no ano passado, no mês de Julho este esteja totalmente esgotado, tendo que se esperar pela colheita seguinte, a ser lançada no próximo dia das mentiras, em 2018.

Este vinho já está presente em mercados como Bélgica, Luxemburgo, Holanda, Alemanha, Suíça, Brasil e China sendo seu objetivo continuar a ser visível noutros mais, nomeadamente Japão, pela facto de este vinho ser indicado para acompanhar sushi e sashimi.

Já disponível nas principais garrafeiras de Portugal, este novo produto da Ervideira tem a assinatura do enólogo Nelson Rolo.

Check Also

Chef do Soi viaja para descobrir as novas tendências da cozinha asiática

O Chef Maurício Vale, responsável pelo restaurante pioneiro de streed food asiática em Lisboa, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.