12 °C Lisbon, PT
2018-12-14

Portugueses recorrem à família e ao banco em caso de dificuldades financeiras

Confrontados com a necessidade de pedir um empréstimo para enfrentar dificuldades financeiras, os portugueses optam por recorrer à família (45%) ou ao banco (32%). Segundo dados do estudo do Cetelem sobre Literacia Financeira, esta tendência mantém-se de ano para ano, com os portugueses a reiterar, sobretudo, a sua preferência por pedir dinheiro emprestado à família em caso de necessidade.

Além da família e da banca, alguns portugueses optam por pedir dinheiro emprestado a instituições de crédito especializadas (7%), a amigos (5%) e, de forma residual, há também quem recorra aos colegas de trabalho (2%).

Ainda que ambos os géneros optem por pedir dinheiro à família em primeiro lugar, as mulheres (51%) demonstram uma propensão superior aos homens (38%) para o fazer. Ao nível etário, todas as gerações colocam a família como primeira opção para pedir um empréstimo, à exceção dos indivíduos entre os 35 – 44 anos e entre os 45 – 54 anos, que preferem o banco.

O estudo revela ainda diferenças entre as principais metrópoles do país. Enquanto em Lisboa se recorre mais ao banco (51%) do que à família (27%), no Porto favorece-se a família (39%) em relação ao banco (31%) como escolha preferencial para pedir um empréstimo.

Este estudo foi desenvolvido em colaboração com a Nielsen, tendo sido realizadas 500 entrevistas por telefone, a indivíduos de Portugal continental e ilhas, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 18 e os 65 anos, entre os dias 13 e 18 de fevereiro de 2017. O erro máximo é de +4.4 para um intervalo de confiança de 95%.

Recomendado para si

34% dos portugueses sabem o valor exato das suas despesas fixas mensai... No que diz respeito às despesas mensais, 34% dos consumidores sabem exatamente quanto gastam com os seus encargos fixos por mês, uma percentagem super...
Portugueses cada vez mais adeptos das novas formas de pagamento As novas formas de pagamento são usadas por cada vez mais portugueses, sobretudo jovens adultos. Segundo o estudo de Literacia Financeira do Cetelem, ...
Dia do Consumidor: 8% dos portugueses acreditam não ter direito a recl... Questionados sobre outros aspetos dos direitos e deveres dos consumidores, menos de um décimo dos portugueses respondeu corretamente a questões relaci...
Preço do combustível não influencia a utilização do carro pelos portug... A evolução do preço do petróleo não tem consequências na utilização que 57% dos portugueses fazem do automóvel. Ainda que 43% dos condutores nacionais...
Mercado automóvel português é o que mais deve crescer em 2017 De uma forma global, o mercado automóvel apresenta um bom comportamento. Entre 2009 e 2015, o mercado mundial de automóveis particulares e de veículos...
Portugueses dão nota acima da média aos veículos híbridos e 100% elétr... Em Portugal, a quota de mercado dos veículos 100% elétricos já chega aos 0,7%, um valor bastante próximo de França (1%), país que se destaca na venda ...