11 °C Lisbon, PT
2018-12-16

Estudo demonstra que apenas consideramos a atividade física essencial ao nosso bem-estar a partir dos 30 anos

Um estudo da cadeia de ginásios Virgin Active concluiu que, em média, é aos 32 anos que começamos a fazer exercício para cuidar da saúde, em vez de o fazer por razões estéticas. Segundo este estudo, a principal motivação para fazer exercício de mais de metade dos inquiridos (58%) com idade inferior a 25 anos, é ter “uma boa aparência”, percentagem que reduz para 36% nos participantes entre os 35-44 anos.

Os dados permitem concluir que ser fisicamente ativo começa a ser uma prioridade por questões de saúde e bem-estar quando chegamos à faixa etária dos 30. Mais de metade das pessoas entre os 25 e os 34 anos (55%) afirmaram que preferiam parecer magros e tonificados nas suas fotos de férias, do que em forma para correr uma maratona, percentagem que nas mulheres atinge os 52%, face aos 39% dos homens.

No que diz respeito a outras razões para fazer exercício, apenas um terço (29,6%) dos inquiridos afirma que manter-se em forma é uma maneira de aliviar o stress. Os dados permitiram ainda concluir que para os participantes com idade inferior a 25 anos, o ginásio tem-se vindo a tornar uma ocasião social, como ir ao café, com mais de um em cada dez (15%) a irem ao ginásio porque os amigos vão.

A investigação foi realizada pela Motor London a pedido da Virgin Active que neste âmbito criou uma lista de exercícios simples que deveríamos conseguir completar nas diferentes faixas etárias. Quer estejas na casa dos 20, 30 ou 70 anos, os movimentos abaixo foram desenhados tomando por base um barómetro de fitness, que ajudará a perceber se estás em forma ou não.

Segundo a Virgin Active, “Fazer exercício regularmente tem múltiplos benefícios para a saúde, em qualquer idade, mas torna-se especialmente importante à medida que vamos envelhecendo. Além de ajudar a perder peso, o exercício ajuda a combater os efeitos do envelhecimento e a aumentar a saúde física e mental. Os exercícios abaixo são uma forma simples e eficaz de saber se estás numa boa forma física ou se é necessário trabalhar e melhorar.”

Nos 20s deves…

  • Correr 5km em 30 minutos
  • Completar 20 burpees de uma vez
  • Aguentar em prancha durante um minuto de cada lado

Fazer exercício regular, reduzir o stress crónico, dormir com qualidade e ter uma dieta equilibrada podem ter enormes benefícios, tanto durante os vinte como no futuro. Apesar das noites tardias serem tentadoras durante esta idade, tenta atingir em média sete horas de sono de boa qualidade por noite.

Nos 30s deves…

  • Correr uma milha (1,6km) em menos de 9 minutos
  • Aguentar em prancha durante 45 segundos
  • Levantar mais de 50% do próprio peso

Nos trinta, é importante ser ativo e fazer pausas durante o dia para não estar sentado por longos períodos – isto ajuda a diminuir os efeitos do envelhecimento.

Nos 40s deves…

  • Fazer um sprint durante 60 segundos sem parar
  • Fazer 10 flexões seguidas
  • Tocar nos dedos dos pés mantendo as pernas retas

Aos 40, é importante não estar dependente dos transportes públicos ou do carro. Mais de 10 000 passos contam como um dia ativo – o que é muito bom para o sistema musculoskeletal (articulações, músculos e ossos).

Nos 50s deves…

  • Correr numa velocidade moderada por 60 segundos sem parar
  • Fazer 5 burpees sem parar
  • Baixar até sentar-se de pernas-cruzadas no chão (sem usar as mãos) e voltar a levantar

Entre os 50 e os 70 anos perdemos cerca de 30% da nossa força muscular, pelo que é importante manter um bom nível de atividade física. Contudo, além de tentares alcançar a melhor performance física, é importante assegurar um período de descanso e relaxamento.

Nos 60s deves…

  • Dar mais de 10 000 passos num dia
  • Fazer 12 agachamentos sem parar
  • Tocar nos dedos com uma mão sobre o ombro e a outra atrás das costas

De acordo com a Chartered Society of Physiotherapy (CSP), aqueles que têm mais de 65 anos têm uma hipótese em 3 de cair, mesmo que estejam de boa saúde. O envelhecimento prejudica o equilíbrio, os músculos e as articulações e piora quando estamos longos períodos sentados. Assim, tenta incorporar exercício regulares na tua rotina, aos 60 anos.

Nos 70s deves…

  • Andar uma milha em menos de 16 minutos
  • Subir um lance de escadas em 10 passos e em menos de 30 segundos confortavelmente
  • Ser capaz de levantar-se de uma cadeira sem usar as mãos ou os braços e repetir o exercício 12 vezes em 30 segundos

A probabilidade de cair aumenta durante os 70, tornando-se ainda mais importante permanecer ativo. Nunca fez exercício na vida? Começa com objetivos pequenos, concretizáveis e pessoais como fazendo natação uma série de vezes por semana ou passeando o cão diariamente.

Recomendado para si

Livro “Mamã, tenho Medo do Fogo!” da Chiado Kids chega às ... "Mamã, tenho Medo do Fogo!", com a chancela da Chiado Kids que vai ser apresentado este sábado, 15 de dezembro, às 14h45, no Auditório Municipal da Pa...
Cesta Doudou Passo a Passo dos Laboratórios LETI, para cuidar do bebé... Os Laboratórios LETI, especializados no cuidado da pele de toda a família, apresentam um novo produto da gama Baby Semabed, a ‘Cesta Doudou Passo a Pa...
Camaleon Cosmetics apresenta batons coloridos para inverno Após um verão cheio de cor, a marca espanhola de cosmética de cor, Camaleon Cosmetics, lança em Portugal uma nova gama de batons de inverno, os Basic ...
Passagem de Ano na Toca da Raposa Entre na toca e, ao som dos anos 70, com menu do chef Manuel Libeaut e cocktails da Raposa Silvestre, entre em 2019 a não querer sair da Toca…da Rapos...
Miradouro Amoreiras 360º Panoramic View ultrapassa os 100 mil visitant... Um miradouro é sempre um dos melhores espaços para observar as dinâmicas e paisagens de uma cidade. Há mais de dois anos, o Amoreiras Shopping Center ...
“Hora do Natal” Limiano ajuda este ano mais de 2900 famíli... Inspirada no conceito "Podemos sempre fazer mais", marca Limiano dedica uma hora da produção da sua fábrica a esta iniciativa, alcançando 3.500 Kg de ...