16 °C Lisbon, PT
2018-12-14

Conjuntivite alérgica atinge três em cada dez portugueses

Prurido ocular, olhos vermelhos, lacrimejo e sensibilidade à luz são sintomas que muitos dos portugueses tão bem conhecem e que se agudizam com a chegada da primavera. A responsável é a conjuntivite alérgica, um problema de saúde recorrente, que atinge cerca de três em cada dez portugueses, sobretudo os mais jovens. E que, mais do que tratado, deve ser prevenido.

A melhor forma de o fazer é, aconselha a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), evitar o contacto com os alergénios, as substâncias que desencadeiam as reações alérgicas. Na Primavera, os pólenes são os principais alergénios, encontrando-se em concentrações muito elevadas no nosso país. Embora possa parecer uma missão difícil evitá-los há formas de o fazer. As pessoas mais suscetíveis devem evitar caminhar em zonas arborizadas nas primeiras horas da manhã, momento do dia em que a polinização é maior, e em dias de muito vento, quentes e secos.

“A conjuntivite alérgica sazonal é a reação alérgica ocular mais frequente”, refere Vanda Nogueira, Oftalmologista e Coordenadora do Grupo Português de Inflamação Ocular, SPO. “Trata-se de uma inflamação ocular da conjuntiva, que é a membrana que reveste o olho para o proteger. A inflamação da conjuntiva faz-se muitas vezes acompanhar também por sintomas nasais”, acrescenta a especialista, confirmando que este é um problema que “surge frequentemente associado a outras doenças alérgicas, como a rinite”.

Esta forma de conjuntivite, que resulta dos pólenes libertados pelas árvores, difere da conjuntivite alérgica perene, que pode surgir em qualquer altura do ano, sendo sobretudo causada pelos ácaros e pelo pêlo dos animais. A conjuntivite alérgica pode também ser confundida com as conjuntivites de origem bacteriana ou viral, pelo que o seu diagnóstico deve ser feito por um oftalmologista.

Quanto ao tratamento, Vanda Nogueira explica que é feito com recurso “a medicamentos anti-inflamatórios ou anti-histamínicos”, mas aproveita para reforçar que o mais importante é “diminuir ou evitar a exposição aos agentes que provocam a reação alérgica”.

Recomendado para si

Cesta Doudou Passo a Passo dos Laboratórios LETI, para cuidar do bebé... Os Laboratórios LETI, especializados no cuidado da pele de toda a família, apresentam um novo produto da gama Baby Semabed, a ‘Cesta Doudou Passo a Pa...
Camaleon Cosmetics apresenta batons coloridos para inverno Após um verão cheio de cor, a marca espanhola de cosmética de cor, Camaleon Cosmetics, lança em Portugal uma nova gama de batons de inverno, os Basic ...
Avon apresenta a nova fragância Surreal Sky A pensar nas mulheres sonhadoras, a AVON acaba de lançar a fragrância feminina Surreal Sky, inspirada na atmosfera mágica do céu e na encantadora flor...
Nivea protege a sua pele do frio com uma dose de hidratação O Inverno traz consigo algumas das melhores coisas da vida, tais como roupas confortáveis e aconchegantes, chocolate quente em tardes chuvosas e é tam...
No mês do Natal “Dê sangue à vida” com o MAR Shopping Mato... “Dê sangue à vida” é a mensagem com assinatura do MAR Shopping Matosinhos e do IPST, que tem como objetivo principal apelar à participação do maior nú...
Chicco oferece carrinhos STROLL’IN’2 aos melhores clientes Quem fizer compras acumuladas no valor de 500€ nas lojas Chicco durante o mês de dezembro, receberá automaticamente o carrinho, no valor de 329,90€ A...