13 °C Lisbon, PT
2019-02-17

Conjuntivite alérgica atinge três em cada dez portugueses

Prurido ocular, olhos vermelhos, lacrimejo e sensibilidade à luz são sintomas que muitos dos portugueses tão bem conhecem e que se agudizam com a chegada da primavera. A responsável é a conjuntivite alérgica, um problema de saúde recorrente, que atinge cerca de três em cada dez portugueses, sobretudo os mais jovens. E que, mais do que tratado, deve ser prevenido.

A melhor forma de o fazer é, aconselha a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO), evitar o contacto com os alergénios, as substâncias que desencadeiam as reações alérgicas. Na Primavera, os pólenes são os principais alergénios, encontrando-se em concentrações muito elevadas no nosso país. Embora possa parecer uma missão difícil evitá-los há formas de o fazer. As pessoas mais suscetíveis devem evitar caminhar em zonas arborizadas nas primeiras horas da manhã, momento do dia em que a polinização é maior, e em dias de muito vento, quentes e secos.

“A conjuntivite alérgica sazonal é a reação alérgica ocular mais frequente”, refere Vanda Nogueira, Oftalmologista e Coordenadora do Grupo Português de Inflamação Ocular, SPO. “Trata-se de uma inflamação ocular da conjuntiva, que é a membrana que reveste o olho para o proteger. A inflamação da conjuntiva faz-se muitas vezes acompanhar também por sintomas nasais”, acrescenta a especialista, confirmando que este é um problema que “surge frequentemente associado a outras doenças alérgicas, como a rinite”.

pub

Esta forma de conjuntivite, que resulta dos pólenes libertados pelas árvores, difere da conjuntivite alérgica perene, que pode surgir em qualquer altura do ano, sendo sobretudo causada pelos ácaros e pelo pêlo dos animais. A conjuntivite alérgica pode também ser confundida com as conjuntivites de origem bacteriana ou viral, pelo que o seu diagnóstico deve ser feito por um oftalmologista.

Quanto ao tratamento, Vanda Nogueira explica que é feito com recurso “a medicamentos anti-inflamatórios ou anti-histamínicos”, mas aproveita para reforçar que o mais importante é “diminuir ou evitar a exposição aos agentes que provocam a reação alérgica”.

Recomendado para si

Oriflame apresenta o batom Ultimate Colour Stylist The One O novo Batom Ultimate Colour Stylist The ONE da Oriflame é o batom certo que pode compor todo o seu look. É ultracremoso e define o seu estilo, indepe...
ISDIN anuncia João Sousa como Friend da marca em 2019 A ISDIN, laboratório internacional que oferece soluções integrais e inovadoras para o tratamento, prevenção e manutenção da pele e mucosas e João Sous...
Conjunto Milagroso 3D Timewise Mary Kay eleito Produto Do Ano 2019 A Mary Kay, uma das maiores empresas mundiais de beleza de venda direta, acaba de ser distinguida com o prémio “Produto do Ano 2019”, na categoria “Cu...
Cidália Cabeleiros é uma das novidades de 2019 no Nosso Shopping O Nosso Shopping, Centro Comercial gerido e comercializado pela consultora imobiliária CBRE, reforça o seu mix comercial com a inauguração de mais uma...
Kelly Bailey é o novo rosto de Garnier A atriz Kelly Bailey é a nova cara de Garnier, para Ambre Solaire e Fructis. Ao longo do ano, a atriz vai ser a protagonista de diferentes campanhas e...
Colagenius Active Laranja: o colagénio fácil de tomar e gostar O colagénio é uma proteína produzida naturalmente pelo nosso organismo. No entanto, é inevitável que, com a idade, a sua produção diminua, resultando ...