10 °C Lisbon, PT
2019-02-18

Utilizadores com uma média de 37 anos são quem mais procura resposta para doenças na Internet

Homens e mulheres (50 por cento cada), com uma média de idade de 37 anos e que pesquisam sintomas ou problemas de saúde como ansiedade, aftas, azia ou pirose, dores músculo-esqueléticas, dor de cabeça, acne, rinorreia e congestão nasal, diarreia, calos e dor de garganta e rouquidão são, segundo a plataforma MedicamentoCerto.pt, os consumidores de informação sobre pequenos problemas de saúde na Internet.

O site Medicamento Certo, que permite aos utilizadores obterem, de forma simples, grátis, remota e rápida, conselhos para tratar pequenos problemas de saúde, já recebeu mais de 18 mil visitas desde o seu lançamento no início de abril e revela ainda que os utilizadores identificam principalmente alergias a ácaros, pólen e penicilinas.

Os utilizadores entram na plataforma, escolhem de uma lista de sintomas aqueles de que sofrem, introduzem os seus dados (género, idade, peso, medicamentos que estão a tomar e doenças crónicas de que possam sofrer) e é-lhes indicado um medicamento adequado a tomar. Nos casos em que os sintomas são de risco de um problema grave, o site avisa o utilizador para procurar ajuda de um profissional de saúde.

Quanto à pesquisa de informação sobre marcas de medicamentos não sujeitos a receita médica, de forma a obterem aconselhamento sobre o seu uso correto, os utilizadores selecionaram mais vezes os medicamentos Daktarin® (Miconazol; antifúngico), Ben-U-Ron® (Paracetamol; analgésico e antipirético) e Valdispert® (Extrato de valeriana; ansiolítico).

“O Medicamento Certo nasceu para ajudar as pessoas que estão em casa ou no trabalho e precisam de uma solução rápida e simples para um problema de saúde, sem aparente gravidade. Não nos queremos substituir a consultas médicas ou a uma ida à farmácia e em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas deve ser consultado um profissional de saúde, mas em casos simples, os utilizadores podem ter uma resposta rápida e certeira, no seu smartphone, tablet ou computador” afirma Cristina Silva, Co-founder & CEO da serFarma.

O Medicamento Certo foi desenvolvido pela empresa serFarma, constituída por farmacêuticos, e disponibiliza informação resumida sobre problemas de saúde de menor gravidade e recomendações para a sua prevenção, alívio e/ou tratamento. O uso é exclusivo a maiores de 18 anos, em território português (Portugal Continental e Ilhas).

Recomendado para si

DPDgroup revela os mais recentes hábitos dos e-shoppers europeus Quando se compra online, a empresa de entregas é decisiva. 72% dos e-shoppers consideram importante saber no momento da compra qual é a empresa de ent...
Diversidade na Liderança: Boyden aponta necessidade de gestão inclusiv... Uma liderança mais diversificada tem ainda vários obstáculos a ultrapassar. A abordagem da Boyden ao clima atual da gestão executiva identificou que a...
Fruit Logistica apresenta relatório de tendências do setor da distribu... A Fruit Logistica, principal feira de hortifruticultura do mundo, acaba de divulgar um novo relatório de tendências para 2019. O documento, elaborado ...
79% dos profissionais dos transportes dorme mal devido ao aumento do p... Um estudo do Barómetro dos Transportes, promovido pelo Instituto Português de Administração de Marketing (IPAM) e a Grounded, em parceria com a Transp...
O papel das hormonas na alimentação Sabia que jantar depois das 21h30 altera o seu ritmo hormonal ou que os níveis de insulina estão no máximo ao meio-dia e bastante reduzidos após as 7 ...
Conheça as 10 Tendências de Consumers para 2019 O consumidor irá mover-se numa esquizofrenia entre uma disrupção tecnológica cada vez mais rápida e a ansiedade por reivindicar a sua própria personal...