Home | Alimentação e bebidas | Alimentação | Oliveira Da Serra lança nova gama de Vinagres de Fruta Portuguesa

Oliveira Da Serra lança nova gama de Vinagres de Fruta Portuguesa

Um workshop com quatro receitas realizado pelo Chef Vitor Sobral foi o mote para mostrar as potencialidades e usos da nova gama de vinagres de fruta portuguesa Oliveira da Serra.

Tomate, Pêra Rocha, Figo e Maçã são os novos sabores únicos da gama de vinagres que trazem um sabor único e um toque especial às refeições dos portugueses. Coube ao Chef Vitor Sobral, no restaurante Peixaria da Esquina, mostrar a versatilidade dos produtos. O primeiro foi o vinagre de tomate que foi utilizado num creme de tomate acompanhado de salada de bacalhau em que a cebola foi também marinada na mesma variedade de vinagre.

De acordo com as sugestões do Chef: “O vinagre de tomate tem um gosto final de legumes maduros e uma acidez redonda. É bom para ser apreciado em saladas verdes, de tomate e de legumes. É também excelente em pratos grelhados como peixes gordos e carnes de porco, bem como na confeção de pratos com arroz carolino”.

Depois a aula continuou com uma salada de rúcula com requeijão com um vinagrete de anchovas. Aqui a aposta foi no vinagre de figo, uma variedade que, segundo a opinião do Chef tem um gosto final adocicado com um ligeiro toque de fruta seca. É ideal para aromatizar saladas compostas por queijos (queijos frescos, requeijão), saladas de agrião e rúcula. É também recomendado para pratos de peixe corados e pratos de aves (sobretudo aves de sabor forte).

O terceiro prato foi robalo marinado com pimentos assados, manga, mirtilos e poejos, em que o vinagre utilizado foi o de maçã. Este vinagre, na sugestão do Chef, tem um sabor final agridoce. É uma boa opção para temperar saladas compostas (arroz, legumes, fruta), pratos de peixe marinados, carpaccios, carnes de frango cozinhadas e de porco.

Finalmente, o único prato quente foi a garoupa que foi temperada com o vinagre de pêra-rocha. Este vinagre “tem um ligeiro sabor a pêra, tal como indica o nome, e um final cítrico. Este vinagre é ideal para aromatizar saladas leguminosas (lentilhas, feijão, grão), vinagretes em geral, pratos de peixe de sabor forte e pratos de carne de cabrito e borrego guisados ou de forno”.

De acordo com a marca, “estes novos vinagres não só respondem à necessidade de maior variedade de sabor e vontade de experimentação, como também vêm proporcionar uma sensação de frescura e leveza aos pratos dos portugueses”.

Cada um destes sabores apresenta qualidades únicas, que se evidenciam pela diferenciação e criatividade na cozinha. Os frutos são criteriosamente selecionados, e fazem da Nova Gama de Vinagre de Fruta de Oliveira da Serra produtos únicos, criando uma ligação perfeita e original em cada prato.

Check Also

Cálem apresenta nova imagem para os vinhos do Porto

Numa altura em que comemora os 160 anos da sua fundação, em 1859, a Porto …