10 °C Lisbon, PT
2019-02-22

OLX cria marketplace de “Moda” e “Bebé e Criança”

O maior portal de classificados em Portugal reestruturou algumas das suas categorias e pretende revolucionar a forma de comprar e vender nestes setores

As categorias de ‘Moda’ e ‘Bebé e Criança’ no OLX acabam de sofrer alterações profundas que vão mudar a forma de comprar e vender dos portugueses. O conceito de ‘comprar em 2ª mão’ já não se refere unicamente a artigos usados e passa a ser possível vender e comprar de acordo com critérios de tamanhos, tipos de artigo, estado do mesmo ou marca.

Na categoria de ‘Moda’ pode encontrar desde Roupa; Calçado; Jóias, Relógios e Bijuteria; Malas e Acessórios ou artigos de Saúde e Beleza. No caso da Roupa, por exemplo, passa a ser possível comprar e vender ‘novo com etiqueta’, ‘novo sem etiqueta’, ‘usado uma vez’ ou ‘em bom estado’, por tipo (biquinis e fatos de banho, calças, cerimónia e festa, macacões, entre outros), por tamanhos – do 32 ao 50 e do XS ao XXL e por marca incluindo marcas de fast fashion, de luxo ou até marcas portuguesas – Adidas, ASOS, Cantê, Bohemian Swimwear, Fio Rosa, Latitid, Carolina Herra, Dior, Michael Kors, GANT, Hugo Boss e Zara – são algumas entre as 52 marcas que pode encontrar. Já na subcategoria de Saúde – Beleza, pode definir primeiro a categoria onde quer comprar ou vender: Cabelo, Cuidado de mãos, Cuidado de pés, Cuidado para o Corpo, Equipamentos Médicos, Higiene Oral, Maquilhagem, Perfumes ou Solares e definir o estado do artigo – ‘Selado’ ou ‘Novo’.

A categoria de ‘Bebé e Criança’ onde é possível encontrar artigos de Calçado, Passeio, Refeição, Relaxar e Dormir, Roupinhas e de Segurança, foi igualmente reestruturada. Também aqui é possível filtrar por género, idade, marca, estado, tipo e margem de preços, no caso das Roupinhas, por exemplo.

Pub

Rita Sousa Marques, responsável do OLX em Portugal explica: “Começámos a reparar numa tendência dentro destas categorias. A categoria de roupa já não era utilizada para vender artigos velhos e em segunda mão, mas sim para vender e comprar os biquinis das últimas coleções de marcas portuguesas, malas da Michael Kors, ténis Adidas Gazelle ou All Star, vestidos da ASOS para festas, ou seja, artigos muito atuais e em ótimo estado e nalguns casos, esgotados nas próprias marcas. Percebemos que seria uma oportunidade para criar um marketplace e reestruturámos estas categorias de acordo com aquilo que os utilizadores procuram. Acreditamos que, aos poucos, irá mudar a forma como compramos e vendemos”.

Recomendado para si

Manuel Alvarez assume presidência da Associação Portuguesa de Franchis... A Associação Portuguesa de Franchising (APF) tem um novo presidente. Manuel Alvarez, presidente da RE/MAX Portugal, a maior rede de franchising no paí...
Daitsu Dehumidifier Elvegast, bem-estar e conforto todo o ano Máxima eficiência, portabilidade e peso reduzido são as características mais destacadas do Daitsu Dehumidifier Elvegast que reduz os níveis de humidad...
A inovadora Vespa Electrica já está disponível em Portugal A mais inovadora e tecnológica scooter de sempre já está disponível em Portugal e prepara-se para revolucionar as cidades. O estilo que caracteriza a ...
momondo dá dicas para superar o medo de andar de avião Uma em quatro pessoas tem medo de voar, simplesmente porque simplesmente não gostam, ou porque se recusam por completo a entrar num avião. Se se ident...
Desfile da Embaixada Real do Carnaval de Torres Vedras pelas ruas de L... A folia do Carnaval de Torres Vedras vai invadir as ruas de Lisboa já este sábado, dia 23 de fevereiro, com a visita da Embaixada Real do Carnaval de ...
A grande maioria das marcas poderia desaparecer sem ninguém se importa... Uma esmagadora maioria de 77% das marcas poderia desaparecer sem ninguém se importar, revelam os novos resultados do Meaningful Brands® 2019 global do...