Home | Alimentação e bebidas | Alimentação | Solar da Giesteira distribui carne 100% de bolota a nível nacional

Solar da Giesteira distribui carne 100% de bolota a nível nacional

O Solar da Giesteira, marca de carne selecionada de bolota 100% natural, alargou o seu âmbito de distribuição a mais três distritos de Portugal, assegurando a entrega direta a particulares, restauração e hotelaria, talhos, supermercados e lojas gourmet de norte a sul do país.

A empresa que se dedica à produção, comercialização e entrega, de forma personalizada em casa de cada cliente, acaba de acrescentar ao seu raio de ação cidades como Faro, Portimão, Porto e Coimbra, que se juntam aos pontos já habituais: Lisboa e Margem Sul, Évora, Montemor-o-Novo, Vendas Novas, Pegões, Alcácer do Sal, Comporta, Palmela, Setúbal, Montijo e Coruche

Em comunicado a empresa afirma que “como não existe intermediário entre o produtor e o cliente, na venda direta é possível encontrar uma qualidade exclusiva a um preço altamente competitivo”.

O processo de encomenda é confirmado via email, onde é indicado valor a pagar, dia e hora de entrega. O transporte da encomenda é personalizado, sendo efetuado de porta a porta em viaturas próprias, devidamente equipadas com sistema de frio, quer para frescos (2ºC), quer para congelados (-18ºC), garantindo assim a ausência de quebras na cadeia de frio.

A Herdade O Solar da Giesteira é uma herdade na zona de Montemor-o-Novo, a 2,5km das grutas do Escoural, e existe enquanto marca desde 1998. A empresa assume o seu cariz distintivo pelo facto de aplicar o método extensivo num país onde grande parte da carne consumida vem de produções intensivas, com recurso a ração e de qualidade inferior. As vacas alimentam-se exclusivamente com bolota e a erva que circunda o espaço em que livremente habitam na herdade num total de 1350 hectares de pastos. Tipo de produção é exclusiva da Península Ibérica e Montemor é o concelho com mais animais em produção extensiva, em vez de intensiva, em completa harmonia com a natureza. São 500 vacas e 10 touros que convivem numa área de 1350 hectares, tendo cada animal um espaço disponível de 2 a 4 hectares

É o próprio produtor que assegura todas as fases do negócio, da produção à distribuição e comercialização direta ao consumidor, apoiando a produção nacional/autóctone.

A sustentabilidade do projeto permite ter uma carne natural e rica em ómega 3, livre de hormonas, antibióticos ou conservantes, de método extensivo alentejano. Esta carne insere-se numa das tendências do mercado atual, com as dietas paleo (do paleolítico), que aposta no consumo da proteína animal, havendo cada vez mais interessados em comer carne natural, como a que os homens das cavernas comiam.

Check Also

Fragoleto estreia gelados sem açúcar

Gelado saudável, sem açúcar refinado? Sim é possível! Poderá pela primeira vez prová-lo no espaço …