Home | Saúde e Beleza | Bem-Estar | Campanha de alerta para a importância da toma diária de Vitamina D

Campanha de alerta para a importância da toma diária de Vitamina D

Suplementação no primeiro ano de vida é essencial para um crescimento saudável!

Sabe qual é a missão diária das Super Mães? Assegurar que, no primeiro ano de vida dos seus filhos, a suplementação diária de Vitamina D seja uma realidade! Para ajudar as mães nesta tarefa, a Merck lança uma campanha informativa para que todas cumpram esta missão sem falhas. Em Portugal, a toma diária de Vitamina D, no primeiro ano de vida das crianças, faz parte das normas da Direção Geral de Saúde.

  • Sob o mote “Super Missão Diária Vitamina D”, a iniciativa chama a atenção para os benefícios da toma diária desta vitamina, e em como é importante para o correto crescimento da criança.
  • “Mais uma missão diária para as Super Mães!”, é forma de lembrar todas as mães que, apesar dos seus muitos afazeres diários, nunca esqueçam de dar aos seus filhos a dose diária de Vitamina D.
  • Esta campanha foi lançada em Maio, nos centros de saúde e hospitais de todo o país.

E porque é que Vitamina D é assim tão importante?

A Vitamina D é essencial para um crescimento adequado, evitando diversos problemas de saúde associados às crianças, como o raquitismo (doença que se caracteriza por uma extrema fragilidade óssea), para além de irregularidades na dentição e alterações de crescimento. A Associação Europeia de Nutrição Pediátrica (ESPGHAN, 2013) e a Direção Geral de Saúde recomendam a toma diária de Vitamina D no primeiro ano de vida. No segundo ano de vida são recomendadas doses adicionais, especialmente nos meses de outono e inverno. No entanto, e apesar da suplementação ser mandatória, apenas 68.3% das pessoas cumpre a suplementação, conforme revela um estudo sobre Vitamina D, da autoria da médica Carla Rêgo, pediatra no HCUF Porto.

Cerca de 90% da vitamina D que o organismo necessita provém da síntese cutânea por ação dos raios UV. A necessidade da suplementação diária, particularmente nesta fase da vida, prende-se com a impossibilidade de serem atingidas as doses diárias necessárias, em resultado da fraca exposição solar (especialmente nos meses de outono e inverno) dos lactentes e crianças. Efetivamente, os lactentes até aos 6 meses de vida não devem ser expostos ao sol, desaconselhando-se mesmo a sua ida à praia e as crianças com menos de 3 anos devem evitar a exposição direta ao sol.

Para evitar consequências de maior na saúde infantil, a suplementação de Vitamina D é recomendada pela comunidade médica pediátrica por todos os benefícios já comprovados. «O primeiro ano de vida é uma janela de elevada sensibilidade para a programação da saúde futura. Cursa com uma elevada velocidade de crescimento, de desenvolvimento e de maturação de todos os órgãos e sistemas, sendo a suplementação com vitamina D uma recomendação universal. O não cumprimento desta recomendação poderá comprometer irreversivelmente a saúde», sublinha a pediatra Carla Rêgo.

Check Also

Guerlain celebra o Dia Mundial da Abelha

No dia 20 de maio comemora-se o Dia Mundial da Abelha e a Guerlain celebra …