Home | Alimentação e bebidas | Quinta de la Rosa é anfitriã do “II Concurso Tomate Coração de Boi”

Quinta de la Rosa é anfitriã do “II Concurso Tomate Coração de Boi”

A 18 de Agosto, Sophia Bergqvist, co-proprietária e gestora da Quinta de la Rosa – localizada no Pinhão, em pleno Alto Douro Vinhateiro – abre as portas da sua propriedade duriense à II edição do ‘Concurso Tomate Coração de Boi’, o produto proveniente de quintas de produtores de vinho do Douro que será submetido, pelo segundo ano consecutivo, a uma prova cega e avaliação criteriosas, a cargo de chefes de cozinha, enólogos, jornalistas, entre outros. Segue-se, pelas 18h30, uma conversa sob o mote “Será o Douro o melhor terroir para o tomate coração de boi?”, moderada pela docente investigadora da UTAD Ana Paula Silva. Depois dos trabalhos, o momento é de festa. É chegada a hora do Cozinha da Clara – o recém-inaugurado restaurante da Quinta de la Rosa – ser palco de um jantar volante, aberto a todos os que se queiram inscrever, no final do qual serão revelados os vencedores do Concurso.

Esta segunda edição traz novidades, entre elas a ‘Quinzena do Tomate Coração de Boi’, iniciativa fomentada com o intuito de incrementar a importância que o tomate coração de boi tem no Douro, e de transformar a segunda quinzena de Agosto numa festa dedicada a este produto, levando o desafio à mesa de restaurantes de referência da mais antiga região demarcada do Mundo. O Cozinha da Clara integra a lista destes restaurantes e o chef Pedro Cardoso preparou um menu completo, composto por ‘gaspacho de tomate coração de boi e fio de azeite La Rosa’, ‘salada de tomate com escabeche de sardinha’, ‘lombelo de porco com milhos de tomate em duas texturas’ e a sobremesa ‘Tomate e queijo’. Disponível de 15 a 31 de Agosto, este menu tem o valor de €35,00, ao qual acresce um suplemento de vinhos Quinta de la Rosa a copo, por €10,00, ambos por pessoa.

Valorização do tomate coração de boi na base da criação de um concurso em nome próprio

Com a primeira edição a acontecer em 2016, o mote foi dado um ano antes pelo jornalista Edgardo Pacheco ao produtor Abílio Tavares da Silva, da Foz Torto. Aos dois juntou-se, na organização do ‘Concurso Tomate Coração de Boi’, a ex-jornalista e mentora da empresa de comunicação Greengrape, que desenvolve o projecto de animação turística altodouro.com, Celeste Pereira. Esta é uma iniciativa que pretende valorizar e promover este produto da região vinhateira e, ao mesmo tempo, revitalizar a tradição duriense da horta de quinta. Segundo o trio organizador, “Este é um encontro invulgar no Douro, desde logo por reunir, à volta do tomate, os principais produtores de vinho do Douro. Esperamos com a ajuda de todos contribuir par a valorização de mais um produto de excelência do Douro”.

Estão, assim, reunidas as condições para, pelo segundo ano consecutivo e desta feita na secular Quinta de la Rosa, se reunirem os produtores de tomate coração de boi do Douro que irão apresentar o seu produto perante um júri presidido por Francisco Pavão, presidente da Comissão Vitivinícola Regional de Trás-os-Montes. A lista de jurados ainda não está fechada, mas estão já confirmados os nomes dos chefes Miguel Castro e Silva (Lumni e Less, em Lisboa, e deCastro Gaia, em Vila Nova de Gaia), Vítor Sobral (Tasca da Esquina, Peixaria da Esquina e Balcão da Esquina, em Lisboa), Pedro Cardoso (Quinta de la Rosa) e Leopoldo Garcia Calhau (Café Garrett, no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa); dos jornalistas José Augusto Moreira (Público) e Fernando Melo (VINHO Grandes Escolhas e Evasões); do enólogo Luís Soares Duarte; do produtor de flor de sal de Salmarim, em Castro Marim, Jorge Raiado; e da docente e investigadora da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) Ana Paula Silva.

O valor do jantar do dia 18 de Agosto é de 25 euros por pessoa, ao qual acresce uma garrafa de vinho branco, rosé ou espumante, à escolha de cada um. As inscrições são limitadas, razão pela qual é obrigatória a reserva através do e-mail greengrape@greengrape.pt e o pagamento antecipado para o IBAN PT50 0023 000 45476435311 94 (Celeste Pereira).

Check Also

Cálem apresenta nova imagem para os vinhos do Porto

Numa altura em que comemora os 160 anos da sua fundação, em 1859, a Porto …