Andaluzia apresenta oferta cultural em Lisboa

A região quer ganhar quota no mercado português com uma ação de promoção baseada no seu legado cultural com a presença de Francisco Javier Fernández, Consejero de Turismo y Deportes de Andalucía

A campanha está sobretudo orientada para mercados emissores europeus e tem como elemento central o videoclip “Orobroy”, no qual o artista interpreta o seu célebre tema em diferentes cenários e recursos emblemáticos da província sevilhana, tais como o anfiteatro do conjunto arqueológico de Itálica, o Cerro del Hierro, os marismas do Guadalquivir ou a Praça de Espanha de Sevilla, entre outros.

Para o público final, o Turismo da Andaluzia apresenta no próximo fim-de-semana, uma pop up store na capital lusa. Situada na Rua da Prata nº 86, este espaço pretende atrair o maior número de visitantes e gerar impacto sobre a marca Andaluzia. O local terá à disposição uma série de totems informativos com ecrãs tácteis, com informação de toda a oferta turística da região.

Este espaço promocional contará também com a presença de dinamizadores de várias áreas culturais e vídeos do destino em formato 360 º para descobrir a Andaluzia da forma mais real possível, degustações gastronómicas e ainda sorteios de viagens à região. De forma a divulgar a pop up store, o Turismo da Andaluzia investe numa campanha de imprensa e rádio para convidar os portugueses a visitarem o espaço e a descobrir a oferta cultural da Andaluzia.

A região da Andaluzia é um destino rico em património, ao ter sido uma área de passagem e fixação de diversas civilizações que deixaram marcas ao longo da história. Graças a esta singularidade, a Andaluzia tem um dos maiores legados culturais, a nível mundial, sejam restos arqueológicos, monumentos e muitos outros recursos tangíveis como também expressões e estilos de vida.

Uma experiência única

A promoção no mercado português pretende enaltecer as cidades e povoações, parques naturais, tradições, museus e em geral todos os bens que esta região integra e que constituem o seu património cultural, natural, gastronómico e etnográfico construindo a base de uma experiência turística única.

A cultura andaluza atraiu à região mais de 8,3 milhões de visitantes, sendo que uma em cada três pessoas veio motivada por esta oferta (quase 30% do total daqueles que nos visitaram). Este segmento cultural foi o que mais cresceu, tanto em número de visitantes como em percentagem, com uma vantagem em 2016 do 12.1% superior à do total de turistas (+ 8.3%).

Em 2016, a origem dos turistas culturais foi 56.1% do território nacional e 43.9% do estrangeiro. Esta tipologia destaca-se por uma série de qualidades que reforçam o seu caracter estratégico para a comunidade e também pelo facto de contrariarem a sazonalidade e o elevado gasto médio que aumentou 2,5 euros no ano passado até atingir os 75 euros, valor muito superior à média geral, 64.50 euros.

Relativamente ao mercado português, a Andaluzia é o destino espanhol que recebe o maior número de turistas lusos, representa quase 19% do total nas dormidas deste mercado em Espanha. Em concreto, a região contabilizou mais de 245.000 turistas hospedados e 691.000 estadias em estabelecimentos hoteleiros durante o ano de 2016, o que revela um aumento por semestre de 22% e de 19%, respetivamente.