Lexus IS300h F-Sport o automóvel que nos deixa emocionados

Uma viagem Lisboa-Covilhã-Viseu-Lisboa em outubro foi o mote para a experiência ShoppingSpirit News com o modelo IS300h F-Sport da Lexus.

O desafio que fizemos ao IS300h Sport foi uma viagem de 1200 quilómetros, evitando autoestradas embora também tenhamos feito alguns trechos. Quisemos passar por aldeias, vilas e cidades, procurando atravessar pelo centro das localidades. Afinal nós queríamos não só experimentar o modelo em diversos ambientes, mas também queríamos mostrar o belíssimo IS300h Sport vermelho…

O belíssimo IS300h Sport vermelho


Pub

… o objetivo foi cumprido, quase ninguém ficou indiferente à passagem do Lexus, poucos foram os que conseguiram desviar os olhos deste automóvel. Até ao primeiro destino, Covilhã, a opção foi sempre as estradas nacionais e por isso passámos por diversas localidades cujo centro estava sempre congestionado. A elegância do design do IS300h F-Sport não passou despercebida com aquela grelha trapezoidal “bad ass” frontal Lexus e a linha lateral ascendente por baixo dos faróis LED e as entradas de ar frontais, que lhe dão uma expressão arrojada e desafiante.

O interior do IS300h Sport também não passa despercebido. Apesar do luxo ser evidente, com superfícies em couro, a inspiração nos carros de corrida está presente nos pedais em alumínio maquinado e assentos desportivos com apoios reforçados e justos, das ancas aos ombros, embora confortáveis mesmo em longas distâncias, e no volante desportivo. As costuras são feitas pelos mestres artesãos takumi.

Depois o habitáculo tem aquele tipo de pormenores que podemos até nem ligar, mas quando os temos, fazem toda a diferença. Falamos por exemplo do aquecimento e arrefecimento dos assentos e costas com três intensidades. Um “mimo” que em dias de muito calor sabem muito bem, como pudemos constatar, e em dias de frio, também darão um conforto extra na viagem. Também o Lexus Safety System +, disponível como atualização dá uma série de informações ao condutor entre as quais avisos de colisão, visão frontal melhorada e trava automaticamente em caso de emergência.

Porque optámos por ir por estradas nacionais, um bom sistema de navegação era fundamental. Mesmo nas estradas mais remotas, em plena Serra da Estrela, o sinal não se perdeu e o GPS do Lexus mostrou ser fiável e preciso nas indicações que ia dando.

Luxo, conforto, segurança e tecnologia

A Lexus é conhecida por ser uma marca de luxo, mas chamar-lhe isso é redutor. Com a renovação da terceira geração deste modelo que é o mais vendido em Portugal, e em especial com este modelo na versão Sport, a marca japonesa conseguiu fazer a fusão entre um modelo premium, mas sem esquecer tudo o que um carro deve ser em termos de desempenho. Com este modelo redescobrimos o prazer de conduzir devagar com mais de 200 cavalos disponíveis.

O conforto, a segurança e a potência deste belíssimo IS300h convenceram-nos a conduzir mais devagar do que é hábito com outros carros. Porque é que fizemos isso? Porque o prazer de sentir cada arranque, cada curva, cada som, cada rolar dos pneus e disfrutar de toda a envolvência mantendo a atenção à estrada, mas sem a pressão aliada a outro tipo de condução é muito maior do que a tentação de carregar no acelerador, por muito que gostemos de “dar o gostinho ao pé”. Mas meus amigos, sempre que foi necessário acelerar seja para fazer uma ultrapassagem mais rápida ou mesmo um teste em estrada livre, este modelo correspondeu e nunca nos deixou ficar mal. Sentir o prazer de controlar aquele acelerador que responde à mínima necessidade, fazer uma travagem eficaz e sentindo o automóvel sempre, mas sempre, agarrado ao chão dá-nos confiança e sobretudo segurança. Tudo isto devido a um chassis mais rígido que aumenta a precisão de condução e a um novo sistema de suspensão variável adaptável que aumenta a aderência e melhora a manobrabilidade.

O Lexus Hybrid Drive da Lexus consegue combinar o prazer de um potente motor a gasolina com a economia de um motor elétrico, alternando entre os dois modos de forma impercetível para quem conduz. A passagem do modo elétrico para gasolina faz-se com a aceleração. As duas fontes funcionam em conjunto, melhoradas pela E-CVT (Transmissão Variável Contínua, Eletronicamente Controlada), para uma transição suave e sem esforço, sem que haja qualquer choque na mudança. E mais… a beleza de um híbrido é que a energia gerada ao travar serve para recarregar a bateria, ou seja a bateria autorrecarrega-se eficazmente durante a condução.
No fundo podemos conduzir de forma atenta, seja qual for o modo de condução selecionado – eco, normal ou sport -, mas descontraída, como se estivéssemos isolados numa redoma com um ambiente zen. Para tudo isto contribuíram os engenheiros e mestres que trabalharam no melhoramento deste modelo. A parte inferior da carroçaria, quase plana, e os estabilizadores foram aperfeiçoados para proporcionarem uma condução silenciosa e eficiente.

Um automóvel que nos deixa emocionados

Mais uma vez, seja em estrada nacional ou em autoestrada, a terceira geração deste modelo do Lexus provou ser um automóvel seguro, confortável, económico quando tem de ser e que proporciona uma condução sem stress.
Podíamos continuar a falar de especificações técnicas deste modelo, do excelente sistema de som, da tecnologia futurista, do painel de instrumentos, do joystick que nos permite aceder e controlar as funcionalidades no ecrã central, podíamos dizer que, dependendo do tipo de condução, o IS300h F-Sport consegue ser económico, mesmo em estrada, e que na cidade, onde o motor elétrico mais ajuda, é um verdadeiro “money saver”, mas o que realmente importa dizer é que o IS300h F-Sport faz despertar os sentidos.

É um automóvel que nos deixa emocionados.

Artigos relacionados