Declarações Kaspersky Lab sobre vulnerabilidades no WhatsApp

“Foram encontradas vulnerabilidades na infraestrutura de serviços de mensagens como o WhatsApp, o Signal ou o Threema, que dão oportunidade aos hackers de adicionar novos membros aos grupos de chat sem serem imediatamente detetados pelos outros membros. Desta forma, as mensagens enviadas pelos membros do grupo, assim como a informação pessoal dos membros (nomes e números de telefone) estarão disponíveis para os hackers. A exploração desta falha de segurança supõe uma ameaça séria, especialmente para aqueles que partilham informação confidencial em grupos de chat.”, afirma Victor Chebyshev, Investigador Sénior na Kaspersky Lab.

De acordo com a análise, para aceder aos grupos de chat, os hackers precisam, em primeiro lugar, de ter acesso ao servidor de uma aplicação de mensagens. No entanto, o relatório não disponibiliza um exemplo real do ataque. De uma perspetiva técnica, aceder a estes servidores não é fácil e implica muito tempo e dedicação. Apesar disso, não é necessário obter o controlo do servidor – é muito mais fácil para os hackers entrarem diretamente no dispositivo móvel de um dos membros do grupo.

Para se proteger, a Kaspersky Lab recomenda:

  • Estar atento aos grupos de chat e controlar manualmente a inclusão de novos membros.
  • Evitar partilhar informações pessoais e confidenciais nos grupos. Em vez disso, utilizar mensagens diretas.
  • Instalar uma solução de segurança no dispositivo para se proteger de qualquer possível ameaça.

Recomendado para si

Mantenha-se conectado com soluções de segurança que se adapt... Hoje em dia, os utilizadores são obrigados diariamente a escolher entre a oportunidade de estarem conectados ou de preservar a sua privacidade Quanto ...
Kaspersky Lab deteta vulnerabilidades nos chips de localizaç... Investigadores da Kaspersky Lab detetaram vulnerabilidades na segurança de várias marcas de localização de animais, entre elas a Kippy Vita, Nuzz...
Kaspersky Lab e cerveja Pilsner Urquell juntas para proteger... Os ciberataques contra redes industriais tornaram-se prevalentes nos últimos anos. De acordo com a equipa ICS CERT (Industrial Control Systems Cyber E...
A Kaspersky Lab revela-lhe o quanto o seu smartwatch sabe so... Nova investigação revela que os smartwatches podem tornar-se em ferramentas para espiar os seus utilizadores. Os investigadores recolheram si...
O regresso do Olympic Destroyer Os investigadores da Kaspersky Lab que acompanham a ameaça Olympic Destroyer descobriram que o grupo de hackers que a desenvolveu ainda está ativo Os...
Páginas de Facebook falsas responsáveis por 60% do phishing ... No primeiro trimestre de 2018, as tecnologias anti phishing da Kaspersky Lab evitaram mais de 3.7 milhões de tentativas de visitas a páginas de redes ...