13 °C Lisbon, PT
2018-01-17

Letifem Creme Vulvar, para uma maior proteção da zona vulvar infantil

Os Laboratórios LETI, empresa de referência no cuidado da pele de toda a família, desenvolveram uma fórmula nova para o Letifem Paediatric Creme vulvar, para proteger de forma específica a zona vulvar e perineal das crianças em idade pediátrica (2-12 anos), elaborada com alfa-glucanos oligossacarídeos, um pré-biótico natural que previne a vulvite infantil, um problema que representa 25% das consultas de ginecologia pediátrica.

A vulvite ou inflamação da vulva ou dos genitais externos da mulher é uma patologia de origem multifatorial que se manifesta com ardor, irritação ou vermelhidão. As características da área vulvar em meninas e adolescentes, incluindo a pele vulvar muito fina, ausência de pelos púbicos e maior proximidade entre o ânus e a vagina, aumentam o risco de irritação e infeção nesta zona.

Nessa situação, a principal recomendação dos especialistas é rever os hábitos de higiene, promovendo o uso de produtos suaves, com um pH adequado, bem como a aplicação de produtos emolientes e evitar roupa sintética apertada.

O cuidado mais suave

A nova fórmula do Letifem Paediatric Creme vulvar foi testada sob controlo pediátrico e dermatológico. Trata-se de um creme de fase externa oleoso, elaborado com alfa-glucanos oligossacarídeos, um prebiótico natural que equilibra a flora bacteriana vulvar. O seu complexo de cera de cevada, óleo de argânia e manteiga de karité confere-lhe um caráter emoliente, importante para a prevenção da vulvite infantil.

Para além disso, a nova fórmula contém pantenol e óxido de zinco, que aportam um efeito reepitelizante e protetor. O novo tubo com cânula permite uma aplicação mais higiénica e uma melhor dosagem do produto.

Indicado para a prevenção de vulvite, nunca deve ser aplicado sobre pele irritada. Em caso de irritação, recomenda-se consulta com um médico, para que seja receitado o tratamento mais adequado.

Pub
%d bloggers like this: