Lucros da Kaspersky Lab crescem 8%, atingindo 568 milhões de euros em 2017

A empresa de cibersegurança manteve uma dinâmica positiva apesar do ano turbulento

A Kaspersky Lab cresceu de forma sustentável em 2017, tendo aumentado os seus lucros globais em 8%* (valores não auditados. Segundo padrões IFRS), com um total de 568 milhões de euros*. A segunda metade de 2017 foi um desafio para a empresa devido a agitações geopolíticas e acusações infundadas; no entanto, a confiança que os seus clientes e parceiros demonstraram na empresa permitiu que este fosse mais um ano de sucesso para o negócio.

O crescimento foi impulsionado pelo forte desenvolvimento do setor B2B da Kaspersky Lab (+13%). A empresa confirma um crescimento de 30% no segmento empresarial, 61%** em non-Endpoint, e 41%** em serviços de inteligência de cibersegurança. A Kaspersky Lab continua a ampliar o seu portfólio, introduzindo e melhorando soluções que previnem, detetam e respondem às ciberameaças mais sofisticadas, como EDR, e uma ampla gama de serviços profissionais. Atualmente, 69 empresas da lista Fortune 500 são clientes da Kaspersky Lab.

Para além disso, a área de B2C também se mantém relativamente estável, impulsionado por um forte desenvolvimento das vendas digitais, o que contribui também para o crescimento global dos resultados da empresa.

“Os nossos resultados financeiros de 2017 são a prova clara que os utilizadores elegem os melhores produtos e serviços no mercado e apoiam o nosso princípio de proteção contra qualquer ciberameaça, independentemente da sua origem. Apesar da difícil situação geopolítica, das acusações sem fundamentos e das tentativas de comprometer a nossa empresa, a Kaspersky Lab mantem uma dinâmica positiva. Estamos constantemente a desenvolver e a trabalhar em novas soluções e tecnologias e temos a certeza que 2018 será um ano ainda mais produtivo que o anterior “, comenta Eugene Kaspersky, CEO da Kaspersky Lab.

No mercado norte-americano, as contratações diminuíram cerca de 8%** como consequência do clima geopolítico e das acusações infundadas que enfrentou a empresa. A nível mundial, os resultados cumpriram todas as expectativas, com crescimentos bastante sólidos em regiões como a América Latina (+18%), Rússia e CIS (+34%), META (+31% ) e APAC (+11% **). O Japão apresenta um crescimento moderado (4%), enquanto a Europa está ligeiramente abaixo das previsões (-2%**).

A Kaspersky Lab lançou uma nova iniciativa de Transparência Global para, neste contexto geopolítico, dar resposta a qualquer dúvida que os clientes e os parceiros possam ter sobre os seus produtos e serviços. Desta forma, a empresa continua a defender os valores de confiança, transparência e responsabilidade a que já está associada há mais de 20 anos. Esta iniciativa inclui uma revisão independente do código fonte da empresa, atualizações de software e regras de deteção de ameaças; uma revisão independente dos processos internos de verificação da integridade das soluções e processos da empresa; três centros de transparência para 2020 na Ásia, Europa e América do Norte; e aumento das recompensas até 100.000 dólares por vulnerabilidade descoberta nos seus produtos.

  • Dados arredondados para facilitar a leitura. O crescimento foi de 8,252% e os lucros de 697.510.000.
    • Todos os segmentos e valores regionais apresentados correspondem a vendas líquidas, não a receitas totais

Recomendado para si

Kaspersky Lab deteta vulnerabilidades nos chips de localizaç... Investigadores da Kaspersky Lab detetaram vulnerabilidades na segurança de várias marcas de localização de animais, entre elas a Kippy Vita, Nuzz...
Kaspersky Lab e cerveja Pilsner Urquell juntas para proteger... Os ciberataques contra redes industriais tornaram-se prevalentes nos últimos anos. De acordo com a equipa ICS CERT (Industrial Control Systems Cyber E...
A Kaspersky Lab revela-lhe o quanto o seu smartwatch sabe so... Nova investigação revela que os smartwatches podem tornar-se em ferramentas para espiar os seus utilizadores. Os investigadores recolheram si...
O regresso do Olympic Destroyer Os investigadores da Kaspersky Lab que acompanham a ameaça Olympic Destroyer descobriram que o grupo de hackers que a desenvolveu ainda está ativo Os...
Páginas de Facebook falsas responsáveis por 60% do phishing ... No primeiro trimestre de 2018, as tecnologias anti phishing da Kaspersky Lab evitaram mais de 3.7 milhões de tentativas de visitas a páginas de redes ...
Record histórico: mais de 50% do phishing em 2017 foi financ... · Em 2017, as tecnologias anti-phishing da Kaspersky Lab detetaram mais de 246 milhões de tentativas de levar os utilizadores a visitar diferentes tip...