McDonald’s reforça compromisso com famílias a nível global

A McDonald’s acaba de anunciar um compromisso renovado na área das famílias. Com enfoque no Happy Meal, este compromisso abrange ainda áreas como o incentivo à leitura e apoio às famílias através da Fundação Infantil Ronald McDonald™. Até 2022, a empresa irá reformular o menu Happy Meal nos seus 120 mercados, oferecendo novas combinações, simplificando ingredientes e continuando a manter a aposta na disponibilização de informação nutricional e comunicação responsável, com o intuito de promover as combinações nutricionalmente mais equilibradas.

Desde 2013, que a McDonald’s tem vindo a desenvolver, em conjunto com a organização sem fins lucrativos Alliance for a Healthier Generation (Healthier Generation), um plano estratégico para incentivar a disponibilização de fruta, vegetais, água e produtos com baixo teor de gordura, aplicado em 20 mercados com progressos visíveis nestas áreas. Hoje, a empresa reforça a sua parceria com a Alliance for a Healthier Generation para estabelecer cinco novos objetivos globais para o Happy Meal, a aplicar até 2022, nos 120 mercados onde está presente, onde se inclui Portugal:

  1. Disponibilizar refeições equilibradas: até final de 2022, assegurar que pelo menos 50% das refeições Happy Meal comunicadas nos menus dos restaurantes (menuboards, quiosques digitais e apps mobile) em todos os seus 120 mercados estejam de acordo com o “novo critério global nutricional para o Happy Meal” que determina que deverão ser iguais ou inferiores a 600 calorias, com 10% de calorias provenientes de gorduras saturadas; 650mg de sódio e 10% de calorias provenientes de açúcares adicionados. Presentemente, 28% das combinações de Happy Meal nos 20 mercados que foram pioneiros no trabalho com a Healthier Generation já respondem a estes novos critérios nutricionais. Para alcançar este objetivo, os mercados vão poder adicionar novas ofertas, remover itens ou reformular o menu Happy Meal.

Em Portugal, a McDonald’s tem vindo a melhorar o perfil nutricional do Happy Meal, com a introdução de novas opções, como proteína de frango como opção à proteína de vaca (Chicken McNuggets); alternativa de peixe (douradinhos); possibilidade de acompanhar com sopa de 150ml numa porção adequada às necessidades dos mais pequenos, possibilidade de acompanhar a refeição com cenouras, fatias de maçãs ou outra fruta de época (neste momento está disponível o abacaxi), em alternativa às batatas; bem como introdução de novas opções de bebidas não carbonatadas. Paralelamente, a nível nacional, a McDonald’s incrementou o número de combinações que cumprem com as recomendações da OMS- 1/3 das calorias diárias recomendadas para uma criança com atividade moderada (533 de 1600), estando abaixo das 600 calorias recomendadas por este novo compromisso e apenas são comunicadas as opções que estão de acordo com estas recomendações. Paralelamente, no Happy Meal, reduziu o sal em 36% e a gordura saturada do óleo 100% vegetal em 40%.

  1. Simplificar Ingredientes: à medida que os gostos e as preferências dos consumidores evoluem, os mercados vão simplificar os ingredientes removendo e reduzindo sabores e conservantes artificiais.

  2. Ser transparente na disponibilização de informação nutricional: disponibilizar informação nutricional dos produtos, de modo a promover a literacia nutricional.
    Em Portugal, a McDonald’s disponibiliza informação nutricional sobre os seus produtos desde 2006, tendo sido pioneira no setor da restauração.

  3. Comunicação responsável: de acordo com os novos objetivos estabelecidos neste compromisso, todas as comunicações de combinações de Happy Meal devem estar em consonância com o mesmo (600 ou menos calorias), e continuarão a observar os compromissos assumidos localmente.
    Em Portugal, a McDonald’s tem um código de compromissos próprio, que autorregula a sua atuação ao nível da comunicação com as crianças, e é também signatária do Código de Boas Práticas na Comunicação Comercial a Menores, bem como do EU Pledge, apenas comunicando combinações de Happy Meal que cumpram com as recomendações da OMS (abaixo de 533 calorias) e que incluam vegetais, água e fruta.

  4. Promover opções equilibradas no Happy Meal: sendo um dos restaurantes preferidos das famílias, a McDonald’s reconhece a sua responsabilidade e oportunidade de ter um impacto positivo usando a sua escala para alavancar uma comunicação cada vez mais inovadora, que pode passar pelas embalagens e o uso de novas tecnologias – como os quiosques e APPS mobile – para ajudar a disponibilizar mais frutas, vegetais, produtos com baixo teor de gordura saturada, proteína e água no Happy Meal.
    Em Portugal, a McDonald’s tem vindo a melhorar o perfil nutricional de modo a diversificar a oferta e número de combinações possíveis no Happy Meal que estão de acordo com as recomendações da OMS, representando 1/3 das calorias diárias recomendadas para uma criança com atividade moderada (533 de 1600). Para além de promover estas combinações na comunicação do Happy Meal, a nível nacional, a McDonald’s tem apostado na promoção do consumo de fruta, mediante iniciativas como a campanha “Sexta a Trincar” –oferta de fruta com Happy Meal na primeira sexta-feira de cada mês- e “Diz Fruta” – oferta de fruta com o Happy Meal no início de cada estação-, em parceria com a Associação Portuguesa de Nutricionistas (APN), que, entre 2012 e 2015 ofereceram mais de um milhão peças de fruta.
    Presentemente, a McDonald’s Portugal associou-se à Nutri Ventures com o objetivo de promover o consumo de fruta e vegetais, mediante uma campanha pedagógica, a decorrer em todos os restaurantes nacionais que premeia todos os Happy Meal que incluam fruta e/ou vegetais- fatias de maçã, abacaxi, cenouras baby ou sopa com um código que deve ser inserido na APP deste programa (MyGuga). Com a acumulação de três códigos, a McDonald’s oferece um peluche Nutri Ventures para colecionar.

Estes compromissos aplicam-se a todos os mercados a nível mundial, com mensuração e criação de relatórios de evolução entre os 20 mercados pioneiros*, representando quase 85% das vendas globais da empresa. A empresa continuará a trabalhar com a Alliance for a Healthier Generation e uma entidade independente para medir e publicar a evolução a cada dois anos.

Paralelamente à área nutricional, esta iniciativa reforça ainda o compromisso da McDonald’s perante as famílias em todo o mundo, mediante um maior incentivo e promoção à leitura, através de um reforço do programa Happy Readers e do papel da Fundação Infantil Ronald McDonald e das Casas e Espaços Familiares Ronald McDonald, que apoiam famílias com crianças em tratamento hospitalar prolongado há mais de 40 anos.