Coleção Bauhaus recebe o seu primeiro cronógrafo automático

A Pointtec, empresa alemã responsável pelas marcas Junkers e Zeppelin, decidiu marcar o seu 30.º aniversário com uma nova série de relógios designados Iron Annie. Um dos primeiros modelos a chegar ao mercado português é a referência 5018, que assinala a primeira vez que o lendário movimento cronógrafo automático ETA Valjoux 7750 é conjugado com o design premiado da série Bauhaus.

A nova série é dedicada à aeronave Junkers JU-52 ao serviço da Lufthansa, com a matrícula D-AQUI, e que foi batizada com o nome afetuoso de Iron Annie. Para a Pointtec, o nome significa “robustez, fiabilidade, inovação técnica, alta qualidade de construção e desenho original”.

A coleção Bauhaus, que se inspira na famosa escola de design homónima fundada em 1919, encontra a sua ligação à marca alemã através do seu mais famoso polo, em Dessau, cidade onde também estava instalada a maior fábrica de aviões da Junkers.


Pub

Desde que foi lançada, que a coleção Bauhaus se tornou de imediato na mais popular série da Junkers, com relógios de design minimalista, elegante e utilitário – valores igualmente associados ao design industrial promovido pela escola alemã.

A coleção Bauhaus inclui peças automáticas e de quartzo, baseadas em movimentos suíços e japoneses. Contudo, até agora nenhum dos modelos oferecia a nobreza de um movimento cronógrafo automático. A novas referências 5018-2 e 5018-4 encerram esta lacuna, ao conjugar pela primeira vez o desenho depurado da escola Bauhaus com o lendário calibre cronógrafo automático ETA “Valjoux” 7750.

Os novos Junkers 5018 incorporam algumas das características que tornaram a coleção Bauhaus num best-seller da marca alemã, nomeadamente a caixa em aço de proporções perfeitas, com 42 mm de diâmetro, e o mostrador protegido por vidro acrílico (“hexalite”) inquebrável de formato convexo.

Jorge Pinheiro, Diretor-Geral da SRI, que representa a marca em exclusivo para Portugal, salientou a propósito que “esta é a primeira vez que temos reunido num só modelo duas lendas: a escola Bauhaus e o movimento Valjoux 7750”.

“A seleção deste movimento para equipar um modelo da gama Bauhaus permitiu criar uma peça que funde de forma perfeita a intencionalidade do clássico design industrial alemão e a precisão de um dos mais icónicos movimentos suíços”, conclui Jorge Pinheiro.

Os Iron Annie Bauhaus 5018 já se encontram disponíveis em Portugal com um PVP sugerido 1.499 euros. Quando adquiridos através da rede oficial de agentes da SRI estes relógios – tal como todos os Junkers – beneficiam de uma garantia vitalícia contra defeitos de fabrico do movimento.