Chef Rui Silvestre abre Quorum em Lisboa

Rui Silvestre, o mais jovem chef nacional a ganhar uma estrela Michelin, apresenta-se pela primeira vez no panorama gastronómico lisboeta, no Quorum, restaurante que acaba de abrir em pleno centro histórico, na rua do Alecrim. É um espaço com um conceito inovador, uma vez que, tal como o próprio nome indica, pretende envolver o cliente no processo criativo, apelando à sua avaliação mediante vários parâmetros: palato, confecção, empratamento, harmonização, inovação e geral. No final da refeição é colocado em cima da mesa um tablet com uma aplicação própria para este efeito.

“O Quorum foi um dos desafios mais aliciantes que aceitei nos últimos tempos. É um desafio utilizar o meu perfil de construção gastronómica de finedining num registo mais informal, mas mantendo sempre a inovação, o rigor, o cuidado visual e a criatividade. O sítio privilegiado onde tivemos oportunidade de implementar este conceito, em pleno Chiado, era já um objectivo de longa data que finalmente se concretiza”, refere o chef Rui Silvestre.

O Quorum pode definir-se como um espaço contemporâneo e sofisticado, mas simultaneamente acolhedor, com referência a uma lógica mediterrânica mais saudável e natural, através da madeira e de planos verticais ajardinados, inserido no ambiente urbano e cosmopolita da cidade de Lisboa. Na parte superior do espaço encontra-se a área de bar e finger food, enquanto que na parte inferior se encontra o restaurante. Pretende-se que o Quorum seja uma experiência única e diferenciadora e que a singularidade do espaço esteja em perfeita harmonia com a cozinha conceptual do chef Rui Silvestre. Os menus de degustação são a grande aposta do chef, mas também há um menu fixo, com alterações sazonais, composto por cinco entradas, quatro pratos principais e três sobremesas. Os menus de degustação são dois: um de quatro momentos, com um valor de 46€ por pessoa, e outro de seis com um valor de 58€, que podem ser acompanhados por uma harmonização de vinhos, de cerveja ou de cocktails.


Pub

Sobre o chef Rui Silvestre

Rui Silvestre foi, até hoje, o mais jovem chef nacional a ganhar uma estrela Michelin, com 29 anos, no restaurante Bon Bon (Algarve), em 2015, que foi renovando ano após ano. O seu trabalho é pautado por uma linguagem com fortes bases de técnica francesa, transformando, de modo arrojado, ligações improváveis em pratos emocionantes e cheios de sabor. Acredita que os produtos locais, criteriosamente selecionados, fazem a diferença em cada prato. Ganhou, no final de 2017, o prémio Chef de L’Avenir pela Academia Internacional de Gastronomia, que reconhece a projecção e o talento de jovens chefs promissores a nível internacional.

Artigos relacionados