Lagoa candidata ao programa “7 Maravilhas à mesa”

Sardinhas “de boa morte”, papas de milho, lulas cheias, feijão com couve e carnes da salgadeira acompanhados com um Marquês dos Vales Branco 2016 e o Tinto Grande Escolha 2014, são a proposta de menu regional que o município de Lagoa candidata ao programa “7 Maravilhas à Mesa”, promovido pela sociedade EIPWU, Lda. em estreita ligação com a New 7 Wonders Foundation.

Quinta dos Vales e Restaurante Charneco serão os convidados de honra de Lagoa para desenvolver esta candidatura, que pretende eleger 49 mesas pré-finalistas, sete representativas da identidade patrimonial gastronómica de cada região do país.

Através desta candidatura Lagoa apresentará a riqueza da sua gastronomia, resultado da diversidade dos produtos que utiliza, aliada à tradição na sua confeção. É com base neste património gastronómico, que o município apresenta um menu representativo do melhor que a terra e o mar podem oferecer.


Pub

Das iguarias propostas por Lagoa farão parte um petisco, uma sopa, um prato de frutos do mar e um prato de carne. Irão à mesa as Sardinhas de “boa morte”, petisco conservado no sal da salina da Mexilhoeira da Carregação, a única em funcionamento no Barlavento Algarvio; as Papas de milho, uma “sopa” preparada com milho reduzido a farinha no único dos seis moinhos de maré do rio Arade que ousaram sobreviver ao tempo, no Sítio das Fontes; Lulas cheias, como prato de pescado; e Feijão com couve e carnes da salgadeira, como prato de carne.

Lagoa alia ainda ao prazer das iguarias apresentadas a experiência de palmilhar um dos mais belos percursos de costa na região algarvia – os 7 Vales Suspensos. A Natureza excedeu-se e forjou um lugar mágico repleto de arribas, pórticos suspensos sobre o mar e grutas com milhões de anos. Ao longo de 5,5Km, cada arriba, cada algar, cada escarpa recordará o visitante de que se encontra na presença de “uma obra de arte”, apenas ao alcance da alquimia dos elementos.

O programa “7 maravilhas à mesa” conta com o alto patrocínio do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Secretaria de Estado do Turismo e Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e é desenvolvido em parceria com a Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) e a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP).

Artigos relacionados