Axpo lança modelo de “blockchain” para energias renováveis

Com o modelo blockchain, os clientes da Axpo podem escolher o seu próprio mix energético, mediante um programa digital que permite aos operadores regionais de centrais solares, eólicas, hidroelétricas e de biomassa, a venda direta de eletricidade.

Imagina poder comprar a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos do seu vizinho? Ou da central de biogás de um agricultor nas imediações? Ou talvez a energia gerada por uma central eólica local? A Axpo está a colocar em prática esta visão de futuro na Alemanha, em parceria com um comercializador local, Wupper-taler Stadwerke (WSW), através de um projeto denominado Elblox.

Conteúdo patrocinado

Com a ajuda da tecnologia “blockchain”, os clientes da WSW podem escolher o seu próprio “mix” energético, mediante um software que permite aos operadores e proprietários de centrais solares, eólicas, hidroelétricas e de biomassa, a venda direta de eletricidade produzida aos clientes finais.

A economia colaborativa e a digitalização estão a transformar de forma muito rápida o mercado energético internacional, começando pela revolução dos modelos comerciais, mudando as regras e modificando os processos entre produtores de energia e consumidores. Como resultado, as atuais regras poderiam ficar obsoletas ou poderiam inovar-se com novos modelos que permitam que a eletricidade possa comprar-se diretamente ao produtor.

Axpo, grupo energético suíço com presença no mercado ibérico desde 2002 e um dos principais players a nível europeu, coloca-se na vanguarda do setor com uma plataforma inédita, cujo conceito foi desenvolvido em 2015, por uma equipa de especialistas do Grupo Axpo e testada com êxito ao longo do ano 2016.

Um mix de energia renovável individualizado, à distância de alguns clicks

O Elblox opera através de uma plataforma digital com base no modelo “blockchain”, que permite a comercialização personalizada de eletricidade entre produtores descentralizados de energia renovável e potenciais consumidores. Os consumidores de eletricidade podem selecionar entre numerosos produtores locais de energia e construir uma carteira de energia individual, à sua medida.

A plataforma de Elbox oferece aos produtores de energia locais um novo canal de venda onde podem vender a sua eletricidade diretamente aos clientes finais.

A plataforma armazena toda a informação relacionada com a produção, consumo e relações contratuais entre os participantes da plataforma, enquanto que o sistema de “blockchain” garante que os dados de produção e comercialização de cada central são registados. Como resultado, cada kWh produzido pode ser atribuído a um consumidor em concreto, ao mesmo tempo que garante o seu certificado de origem.

A economia colaborativa e a digitalização oferecem aos produtores de energia um novo papel no mercado

A plataforma Elblox permite aos distribuidores e empresas elétricas estabelecerem um mercado digital local para a eletricidade produzida na região e os clientes podem escolher a sua própria combinação de energia. Em parceria com WSW, a Axpo está a tornar possível o funcionamento da plataforma Elblox em numerosos pontos, como por exemplo, nas habitações da cidade alemã Wuppertal, uma vez que podem obter a sua energia através da primeira plataforma de comércio “blockchain” para eletricidade verde. A energia comercializada provém exclusivamente de fontes de energia renovável da região, mediante todos os processos que se executam na plataforma Elblox.

A WSW funciona como vínculo entre produtores e consumidores, sendo responsável pela liquidação eficiente de transações, nomeadamente, a nível de contabilidade, faturação ou eventuais falhas de energia, quando não há sol ou vento.

Ignacio Soneira, diretor geral da Axpo na Península Ibérica, explica que “o mercado alemão é especialmente adequado para a entrada da plataforma Elblox no mercado porque a liberalização está muito avançada. Após o lançamento da Elblox, os consumidores de energia poderão estabelecer-se no futuro como sócios energéticos equitativos, juntamente com os produtores e fornecedores de energia. Os resultados da colaboração com a WSW serão utilizados no desenvolvimento futuro da plataforma Elblox, que tem o potencial de converter-se num canal líder para a energia renovável personalizada na Europa”.

Um negócio em que todos ganham

A plataforma oferece grandes vantagens para consumidores e produtores. No melhor dos casos, o cliente conhece pessoalmente o produtor de energia porque se trata de um vizinho com um sistema fotovoltaico, de um agricultor local com uma central de biogás, ou de uma iniciativa local de energia eólica. Esta proximidade e a possibilidade de construir um “mix” personalizado de energia devem ser atrativas para os clientes e garantir que os produtores de eletricidade possam aumentar a sua rentabilidade.

O CEO da WSW, Andreas Feicht, revela-se convencido do seu êxito: “é um conceito que tem o potencial de revolucionar a venda de eletricidade”.

Adicionalmente, tanto a Elblox como os produtores locais de energia sairão beneficiados porque os rendimentos produzidos pelo consumo dos utilizadores serão divididos entre produtores e consumidores. Por outro lado, Elblox gera benefícios adicionais com a administração de energia residual, encaixando perfeitamente na estratégia da Axpo para desenvolver novas áreas de negócio e gerar benefícios extra.

Desde a sua implantação no mercado ibérico em 2002, a Axpo foi ampliando, pouco a pouco, as suas linhas de negócio em Portugal e Espanha, convertendo-se num dos principais grupos energéticos da Península Ibérica. Além de gerir a maior carteira de energia renovável de toda a península, está presente em praticamente toda a cadeia de valor do setor energético, nomeadamente na comercialização de eletricidade e gás, gestão de energia para produtores em regime especial, Centro de Controlo de Geração Elétrica (CECOGEL), produtos estruturados e trading de eletricidade, biomassa e CO2.

Recomendado para si

AOC revela o novo monitor de gaming G2590PX/G2 A AOC, líder global no mercado de monitores de gaming, irá apresentar oficialmente na Lisboa Games Week, que decorre entre 15 e 18 de novembro, o prim...
As melhores empresas no atendimento ao cliente são… Foram reveladas as melhores empresas no atendimento ao cliente: NOS; Teleperformance com a linha BBVA e com a linha Bankinter; Santander; MEO; Nestlé ...
Smartphone Land Rover Explore Outdoor – só para aventureiros Este Natal, a Land Rover simplificou as coisas ao desenhar uma ferramenta única que pode ser utilizada nas próximas viagens – o smartphone Land Rover ...
Como as novas tecnologias estão a mudar a experiência do cliente no re... “Walking Tech” é o tema da 8ª edição do InRetail Congress, que se vai realizar no dia 22 de Novembro, pelas 9h30, no Lagoas Park Hotel. O mai...
Primeiras televisões 8K chegam a Portugal A Samsung estreou-se no segmento 8K com a sua televisão Samsung QLED 8K Q900, com 8K AI Upscaling, apresentada em primeira mão em agosto na IFA e que ...
A maior loja Apple Premium Reseller de Portugal está no Centro Colombo... A GMS Store vai abrir a maior loja Apple Premium Reseller de Portugal no Centro Colombo, no próximo sábado, dia 10 de Novembro. Neste novo espaço, o m...